Leitora Compulsiva

Uma Canção de Ninar, de Sarah Dessen

uma canção de ninar sarah dessen leitora compulsivaTítulo: Uma Canção de Ninar

Autor(a): Sarah Dessen

Editora: Seguinte

Ano: 2016

Páginas: 320

Tradução: Flávia Souto Maior

Sinopse: AQUI 

Download do 1º Capítulo: AQUI

Onde Comprar o livro: Amazon, Livraria Cultura, Saraiva, Fnac, Submarino

Onde Comprar o E-Book: Amazon (Kindle), Livraria Cultura, Saraiva

***




Desde que li o livro “Os Bons Segredos”, da autora Sarah Dessen, fiquei muito curiosa para conhecer outros livros da autora. Para a minha sorte não precisei esperar muito, porque pouco tempo depois recebi um exemplar de “Uma Canção de Ninar”, enviado pela Editora Seguinte!

uma canção de ninar sarah dessen leitora compulsiva

Sobre o que é “Uma Canção de Ninar”?

“Uma Canção de Ninar” conta a história de Remy, uma garota que não acredita no amor. Afinal, ela nunca teve bons exemplos dentro de casa. Remy nem sequer chegou a conhecer o pai e tudo o que ela tem dele é uma música que ele escreveu para ela, chamada Uma Canção de Ninar. Curiosamente essa foi a única música do pai que chegou a fazer sucesso nas rádios e todo mundo a conhece…

A mãe de Remy, uma escritora de romances e uma romântica incurável, está prestes a se casar, pela quinta vez… O escolhido da vez é Don, dono de uma concessionária de veículos. E adivinha quem é que está organizando o casamento?! Isso mesmo, Remy! Sua mãe já se casou tantas vezes que a garota é praticamente uma organizadora profissional! rs…

Não é de se estranhar que Remy seja tão cética em relação ao amor e que isso afete seus relacionamentos. Remy afasta todos os seus namorados assim que as coisas começam a ficar sérias.

Remy não vê a hora da mãe se casar e ela finalmente poder ir para a faculdade, a quilômetros dali. Essa é a chance que Remy esperou por muito tempo: finalmente poderá se dedicar à própria vida, sem ter que bancar a babá da mãe. As aulas no ensino médio finalmente chegaram e agora falta pouco para ela finalmente realizar seu sonho!

Mas então eis que surge Dexter, um garoto excêntrico, com todas as características que Remy mais odeia: desajeitado, impulsivo e músico! O garoto literalmente tromba com ela e esse encontro inesperado deixa Remy muito irritada. Mas então Dexter começa a aparecer em todos os lugares e mexer com a cabeça e com as convicções da garota!!

O que esperar desse livro?

“Uma Canção de Ninar” é um livro sobre amor, em suas mais diversas formas. Remy tem todos os motivos do mundo para não acreditar no amor. Remy nunca conheceu o pai e sua mãe é não o do tipo que dedica carinho e atenção aos filhos, sem contar que troca de marido como quem troca de carro!

O livro é narrado da perspectiva de Remy, que enxerga tudo ao seu redor com um certo pessimismo, o que acaba deixando a narrativa um pouco cansativa. Remy não é uma personagem lá muito animada e sua visão de mundo, sempre tão cética e até mesmo agourenta sobre relacionamentos acaba deixando todo o clima do livro em tanto quanto depressivo…

Esse livro não é nem de longe tão bacana quanto “Os Bons Segredos”, mas acho até um pouco de maldade fazer essa comparação. Apesar de ter sido publicado nesse ano aqui no Brasil, “Uma Canção de Ninar” foi escrito em 2002, enquanto “Os Bons Segredos” foi escrito em 2015. Entre os dois livros a autora escreveu outras sete histórias e teve tempo de sobra para aprimorar a escrita e rever conceitos! Isso sem contar que a literatura era bem diferente em 2002! Rs…

Apesar do livro ter esse ar meio depressivo, a história no geral acaba sendo interessante. Foi bacana perceber as transformações da protagonista e dos outros personagens ao seu redor. Remy sempre se julgou a dona da verdade e vê-la caindo do cavalo e sendo obrigada a amadurecer de verdade foi bem interessante!

Sobre a autora e seus outros livros…

Sarah Dessen é uma das autoras de maior destaque da literatura jovem adulta contemporânea. Autora de 12 livros que juntos somam mais de 8 milhões de exemplares vendidos no mundo, já recebeu diversos prêmios e seu nome é presença constante na lista de best-sellers do New York Times. Mora em Chapel Hill, Carolina do Norte, com o marido e a filha.

“Uma Canção de Ninar” é o segundo livro da autora lançado pela Editora Seguinte, que lançou também o livro “Os Bons Segredos“. Além desses dois, foram lançados no Brasil os livros Just Listen (Farol Literário), A Caminho do Verão (Editora iD), O Que Aconteceu Com o Adeus (Editora iD),  Aquele Verão (Editora iD).

Agora é ficar na torcida para que a Seguinte se anime em publicar os outros livros que ainda faltam por aqui!

45 comentários sobre “Uma Canção de Ninar, de Sarah Dessen

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Lelê.
      Vamos torcer para os livros da iD serem relançados!! E não só os da Sarah Dessen, né?!
      Várias séries foram abandonadas e os leitores ficaram na mão!
      beijos

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Morgana.
      Uma pena que esse livro não é do seu interesse, mas às vezes é até bom, né?!
      É duro se apaixonar por todos os livros do mundo e saber que é impossível ler tudo!! rs…
      beijos

  1. Leticia Ramos de Mello Oliveira

    Olá, Camila!

    É nessa hora que se vê o lado ruim da narração em primeira pessoa, já que a Remy transmite essa sua visão tão negativa do amor na narração e nem sei se posso suspeitar disso, mas acho que só no fim, se Dexter conquistar ela e ela finalmente ver o amor com outros olhos é que a narrativa melhore. E que ela vai usar o talento de wedding planner para beneficio próprio e não o da mãe.
    Felizmente com o tempo, a Sarah também melhorou a escrita e Uma Canção de Ninar permite fazer muito bem essa analise da evolução de sua escrita.

    Um abraço!

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Lê.
      É verdade que às vezes a narração em primeira pessoa pode ser ruim.
      Uma pena que a Remy tenha uma impressão tão ruim sobre o amor, mas também a coitada nunca teve um bom exemplo na vida!
      Foi interessante ler esse livro escrito tão antes de Os Bons Segredos e perceber até mesmo algumas semelhanças!
      beijos

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Marília.
      Parece que não são só os livros de 2016 que estão acabando com a gente, né?!
      Que ano!!
      beijos

  2. Licavargas

    O que eu mais gostei na sua resenha foi o comentário sobre o ano em que o livro foi escrito. é porque eu estava bem curiosa em ler o livro pela premissa e tal, mas vi muitas críticas negativas e dei uma desanimada.
    Agora, acho que as pessoas criticaram tanto por causa da comparação entre esse livro com outras obras da autora. Quanto mais a gente escreve, mais a gente amadurece a escrita e é normal a gente perceber a diferença entre os livros e os mais antigos sentir que são de alguma forma inferiores.
    Adorei sua resenha e agora já meio que sei como tenho que olhar o livro (2002 nem parece tão longe assim, mas se a gente pensar em quanta coisa já mudou de lá para cá parece um outro mundo!).
    Parabéns pela resenha – e por fazer com que eu coloque o livro na lista de leituras novamente!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Lica.
      Eu também vi várias resenhas negativas sobre esse livro e curiosamente todas elas o comparavam ao livro Os Bons Segredos.
      Acho que essa é uma comparação injusta e por isso fiz questão de apontar que esse livro foi lançado há bastante tempo e que de lá para cá a autora já publicou outros livros e aprimorou sua escrita!
      O clima do livro funciona bem para 2002, mas nem tanto para 2016!!
      Beijos

  3. Sarah Santos

    Caramba, Camila.
    Eu não fazia ideia de que o livro tinha sido escrito há tanto tempo. Agora faz sentido que ele seja diferente de Os Bons Segredos que eu li e amei.
    Agora quero ler esse livro também.
    Você sabe se a Seguinte vai publicar outros livros da autora?
    Beijinhos
    Sarah

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Sarah.
      Achei importante destacar esse detalhe sobre a publicação do livro porque muita coisa mudou de 2002 para cá, principalmente em relação ao comportamento dos adolescentes e jovens! Entendo que muitos adolescentes de hoje podem achar que as atitudes da personagem sejam bobas ou sei lá mais o que…
      Não temos notícia ainda sobre a publicação dos outros livros por parte da Seguinte, mas ficamos na torcida!
      Beijos

  4. Carol Ramires

    Olá!
    Eu tenho muita curiosidade em ler esse livro, mas não sabia que ele era de tanto tempo atrás assim! Realmente, a autora teve muito tempo para aprimorar a sua escrita desde esse título. Que pena que de tão pessimista, a narrativa fica um pouco chato, isso me deixa um pouco desanimada.
    Beijos.

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Carol.
      Infelizmente a narrativa não é tão bacana porque a Remy tem uma visão ruim de muita coisa!
      Gostaria que ela não fosse tão crítica em relação à felicidade alheia!
      Beijos

  5. caroolkilljoy

    Olá, tudo bem! Quero ler esse livro tem um tempinho, afinal ele me chamou mais atenção que Os Bons Segredos. Não conheço a escrita da Sarah Dessen e estou com expectativas altas para o que vier. Adorei o post!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Carol.
      Dá uma olhada no primeiro capítulo do livro para ver se a escrita te agrada!
      É uma boa saída!!
      Beijos

  6. São Tantas Coisas

    Olá, tudo bem?
    Confesso que lerei o livor apenas para acompanhar essa transformação do protagonista, e acompanhar todo seu pessimismo perante a vida. Ainda não li nada da autora, mas esse seria um livro que gostaria de acompanhar, pela sua resenha, ele promete bastante surpresas.

  7. Pensamento Literário

    OI!!

    Tudo bem?

    Eu achei a temática do livro bem legal e a protagonista amadurecida pela idade. Entretanto é fácil compreender essa postura dela, afinal ser criada por uma romântica e não conhecer o pai deixa qualquer um desacreditado do amor. Beijos e obrigada pela dica.

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      A protagonista tem mesmo todos os motivos para não acreditar no amor!!
      Além de não conhecer o pai, Remy ainda acompanhou os vários casamentos da mãe que não deram certo!
      Beijos

  8. lanawesley

    Já li outros livros da autora inclusive BONS SEGREDOS, e confesso que achei a trama muito parada, e lendo sua resenha vejo que não posso esperar muito mais que isso nesse novo livro dela publicado por aqui. Vejo que a forma como a personagem vê sua situação torna a trama cansativa, o que faz com que nos leitores canse da leitura. Enfim, mesmo assim pretendo dar uma chance a esse livro, até porque a escrita da autora e interesse,.

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Lana.
      Infelizmente esse livro é meio parado e a Remy não é das melhores protagonistas.
      Mas se você se animou em ler, então boa leitura!!
      beijos

  9. rudynalva

    Camila!
    Pelo jeito Remy é uma pessoa bem revoltada com a vida e descrente, porque al´[em de ser cética e não crer no amor, ela não se permite viver um relacionamento mais longo.
    Espero que Dexter consiga mudá-la e fazê-la bem feliz.
    “Desejo a você e a sua família um Natal de Luz! Abençoado e repleto de alegrias. Boas Festas!”
    (Priscilla Rodighiero)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

  10. Micheli Pegoraro

    Oi Camila,
    Já li Os Bons Segredos, estava ansiosa para conhecer a escrita tão elogiada da Sarah, terminei o livro com sentimentos contraditórios, uma leitura que me agradou mas não me cativou tanto assim. Gosto de livros reflexivos e tocantes, que tem como foco no crescimento dos protagonistas, mas tudo indica que em Uma Canção de Ninar a autora não soube desenvolver muito bem a personagem; mas apesar disso, ainda pretendo dar uma chance a esse livro.
    Beijos

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Micheli.
      Acho que a autora retratou um tipo de adolescente bem realista, na verdade.
      Infelizmente esse tipo de jovem pessimista e cético em relação ao amor não é exclusividade da ficção!
      Beijos

  11. Francisca Elizabete

    Com o quinto casamento de sua mãe e o abandono do pai, Remy têm motivos de sobra para não querer se envolver com alguém pra valer!! Dexter parece ser tudo o que ela não quer, mas quando o amor bate de frente, não tem como ela escapar!! Será?? Já quero ler!!

  12. Alessandra Fernandes

    Oi, Camila! Tudo bem?
    Gosto muito desta autora e desde que a editora anunciou o lançamento deste livro, fiquei interessada em fazer a leitura.
    Um narrativa emocionante e mesmo que seja um pouco parada, eu ainda acredito que este livro, Uma Canção de Ninar, irá me proporcionar uma maravilhosa leitura.
    Enfim, amei ler sua resenha e conhecer um pouquinho desta história. Espero ler em breve.
    Bjs!

  13. Daniela Silva

    Oláa! Realmente, uma narrativa pelos olhos de uma personagem tão pessimista pode ser desanimadora, mas talvez seja isso interessante – acompanhar a transformação aos poucos. Parece ser um romance bem emocionante por isso, pelo menos eu espero HAHA Fiquei curiosa para saber como o personagem irá penetrar no coração dela. Ótima resenha.

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!

%d blogueiros gostam disto: