Leitora Compulsiva

Aconteceu Naquele Verão, de Stephanie Perkins (Org.) #Resenha

aconteceu naquele verão stephanie perkins intrínseca blog leitora compulsivaTítulo: Aconteceu Naquele Verão

Autor(a): Stephanie Perkins (organizadora), Leigh Bardugo, Francesca Lia Block, Libba Bray, Cassandra Clare, Brandy Colbert, Tim Federle, Lev Grossman, Nina Lacour, Veronica Roth, Jon Skovron, Jennifer E. Smith

Editora: Intrínseca

Ano: 2017

Páginas: 384

Tradução: Ana Rodrigues, Flora Pinheiro e Larissa Helena

Sinopse: AQUI 

Download do 1º Capítulo: AQUI

Onde Comprar o livro: Amazon, Livraria Cultura, Saraiva, Fnac, Submarino

Onde Comprar o E-Book: Amazon (Kindle), Livraria Cultura, Saraiva

***




Em fevereiro de 2015 tive o prazer de resenhar aqui no Leitora Compulsiva o primeiro livro de contos organizado pela autora Stephanie Perkins, chamado “O Presente do Meu Grande Amor“, publicado pela editora Intrínseca! Como uma boa apaixonada por contos, curti bastante a leitura e fiquei animadíssima quando soube do lançamento de “Aconteceu Naquele Verão”, a nova coletânea de contos organizada pela autora, com contos de vários escritores que eu admiro muito!

aconteceu naquele verão stephanie perkins intrínseca blog leitora compulsiva

Sobre o que é “Aconteceu Naquele Verão”?

“Aconteceu Naquele Verão” é uma coletânea que traz 12 contos escritos por vários autores já bem conhecidos aqui no Brasil. Todos os contos tem como tema os amores de verão, mas entre si, os contos são bem diferentes.

As histórias que encontramos nesse livro são:

Cabeças, Escamas, Língua e Cauda – Leigh Bardugo: uma adolescente acredita ter visto um monstro no lago da cidade. Para resolver o mistério, ela conta com a ajuda de um garoto misterioso e apaixonante.

O Fim do Amor – Nina Lacour: Flora, abalada pelo divórcio dos pais, se inscreve em um curso de verão para se distrair e lá reencontra Mimi, sua primeira paixão.

O Último Suspiro do Cinemorte – Libba Bray: Kevin e Dani vivem uma história regada a cinema, zumbis e muito romance.

Prazer Doentio – Fancesca Lia Block:  I e A se conhecem em uma festa e se apaixonam. Pressionada pelas amigas, I dispensa A, e os dois nunca mais se veem. Até I escrever esse conto.

Em Noventa Minutos, Vá em Direção a North – Stephanie Perkins: conta os próximos capítulos da história de North e Marigold, que teve início na coletânea ‘O Presente do Meu Grande Amor’

Lembranças – Tim Federle: Em “Lembranças”, o verão chega ao fim, bem como o relacionamento de Keith e Matthew. Mas será que precisa ser desse jeito?

Inércia – Verônica Roth: Um acidente põe frente a frente dois melhores amigos que não se falavam havia meses. É hora de eles colocarem na mesa tudo que nunca foi dito, antes que seja tarde demais.

Amor é o Último Recurso – Jon Skovron:  Lena e Zeke não acreditam no amor, não mesmo. Mas quem disse que o amor liga para isso?

Boa Sorte e Adeus – Brandy Colbert: Rashida tem que lidar com a partida de Audrey, sua melhor amiga, que vai se mudar para outra cidade. Ela só não contava que na festa de despedida encontraria uma nova companhia, que, como ela, adora pizza e tem um passado doloroso.

Nova Atração – Cassandra Clare: Lulu é uma garota que cresceu em um parque de diversões. Depois que o pai vai embora, ela tem que lidar com o tio enigmático, demônios, poções do amor e uma nova companhia terrivelmente charmosa.

Mil Maneiras de Tudo Isso Dar Errado – Jennifer E. Smith: Annie e Griffin vão fazer o impossível para ficar juntos, embora essa decisão envolva cálculos matemáticos, crianças bagunceiras e calças cáqui.

O Mapa das Pequenas Coisas Perfeitas – Lev Grossman: nesse conto acompanhamos a história de Mark, um garoto solitário fadado a viver para sempre no dia 4 de agosto. Até que ele conhece Margaret.

Alguns contos são mais leves e românticos, outros são cheios de mistério e sobrenatural, alguns emocionam e outros divertem. Tem conto para todos os gostos e estilos, sem nenhum preconceito! Encontrei até mesmo um conto que é continuação de outro publicado em “O Presente do Meu Grande Amor”, o que foi uma grande alegria.

Como cada um dos doze contos desse livro tem uma história bem diferente da outra e como são histórias curtas, não vale a pena comentar cada uma delas, até porque eu poderia dar um spoiler indesejado. Além do mais, vale a pena ler esse livro sem saber muito sobre ele, para que cada história possa ser uma surpresa!! rs…

O que esperar desse livro?

“Aconteceu Naquele Verão” é um livro adorável e uma super dica para os fãs de contos. O interessante dessa coletânea é observar os diferentes estilos dos escritores e a forma como eles conseguem trabalhar um mesmo tema – o amor de verão – de maneiras completamente distintas.

Foi incrível poder me reencontrar com a escrita de autoras que eu tanto admiro, como a Leigh Bardugo, a Cassandra Clare, a Stephanie Perkins e a Jennifer E. Smith! Mas também foi muito interessante ter contato com a escrita de outros autores e fazer uma espécie de “test-read”. Gostei tanto de algumas histórias que já anotei o nome dos autores para procurar romances escritos por eles! rs…

Com tanta diversidade, pode ser que nem todos os contos agradem o leitor. No meu caso, os contos que menos gostei foram Prazer Doentio, O Amor é o Último Recurso e Lembranças. Os contos são bons, mas alguma coisa na escrita dos autores não me conquistou muito. Os prediletos foram O Último Suspiro do Cinemorte, Em Noventa Minutos Vá em Direção a North e Mil Maneiras de Tudo Isso Dar Errado!

No geral esse é um livro bem divertido, leve e romântico. É gostoso acompanhar as descobertas do amor adolescente e relembrar aquela sensação de euforia, ansiedade e esperança dos amores de verão!

Sobre os autores e seus outros livros…

Stephanie Perkins mora com o marido em uma casa centenária, com cômodos pintados nas cores do arco-íris e é autora dos livros “Anna e o Beijo Francês“, “Lola e o Garoto da Casa ao Lado” e “Isla é o Final Feliz“.

Leigh Bardugo nasceu em Los Angeles, Estados Unidos, e se formou na Universidade de Yale. Mora em Hollywood, onde às vezes é vista cantando com sua banda. É autora da Trilogia Grisha (uma história incrível que ainda preciso resenhar por aqui) e recentemente lançou o livro Six of Crows.

Francesca Lia Block mora na Califórnia e tem mais de vinte livros publicados, mas nenhum deles chegou ao Brasil ainda. A autora teve um de seus contos publicados na coletânea Beijos Infernais.

Libba Bray é uma fã de histórias de terror cuja vida amorosa durante o ensino médio não foi lá muito agitada. É autora da Trilogia Gemma Doyle (Belezas Perigosas, Anjos Rebeldes e Doce e Distante), de Louco Aos Poucos, de Os Videntes e já teve um conto publicado em Férias Infernais.

Brandy Colbert gosta de livros que a façam chorar, gritar e ficar obcecada. Nasceu e cresceu no Missouri Ozarks e trabalhou como editora de várias revistas americanas. Ela vive e escreve em Los Angeles. É autora do livro Na Ponta dos Pés.

Cassandra Clare passou a infância viajando pelo mundo com a família e várias pilhas de livros. É autora da série Instrumentos Mortais (Cidade dos Ossos, Cidade das Cinzas, Cidade de Vidro, Cidade dos Anjos Caídos, Cidade das Almas Perdidas, Cidade do Fogo Celestial), de As Crônicas de Bane, de O Códex dos Caçadores de Sombras, da série Peças Infernais (Anjo Mecânico, Príncipe Mecânico, Princesa Mecânica) e da série Os Artifícios das Trevas (A Dama da Meia-Noite). É ainda co-autora da série Magisterium ( O Desafio do Ferro, A Luva de Cobre, A Chave de Bronze). Teve um conto publicado na coletânea Férias Infernais.

Tim Federle  é originalmente de São Francisco, mas foi criado em Pittsburgh, de onde saiu ainda adolescente para dançar na Broadway. Tim agora divide seu tempo entre Nova York e a Internet. Nenhum de seus livros foi publicado ainda no Brasil.

Lev Grossman se descobriu autor de romances de fantasia aos dezessete anos. Ele mora com a esposa e os filhos em uma casa antiga com rangidos estranhos. É autor da série Os Magos (Os Magos, O Rei Mago).

Nina LaCour ama escrever, ama falar sobre livros e ama ler tanto autores consagrados quanto iniciantes. Mora na Califórnia com a esposa e a filha. Nenhum de seus livros foi publicado no Brasil ainda.

Veronica Roth ama chuva, livros, animais fofos, chá e lugares frios, entre muitas outras coisas.  Nasceu em Chicago e costuma dizer que escreve desde a altura em se considerava velha demais para brincar ao ‘faz de conta’. Veronica Roth é a autora da Trilogia Divergente (Divergente, Insurgente e Convergente) e do livro extra chamado Quatro. Recentemente foi publicado aqui no Brasil o livro Crave a Marca, o primeiro de uma série de ficção científica e fantasia.

Jon Skovron trabalhava como ator, mas percebeu que seu verdadeiro talento eram os livros. Desde então se dedica a escrever romances juvenis e adultos.

Jennifer E. Smith acha que todo livro, seja romântico ou não, fala de amor. Ela completou seu mestrado em Escrita Criativa pela University of St. Andrews na Escócia e atualmente trabalha como editora na cidade de Nova York. Seu trabalho já foi traduzido em 27 línguas. É autora dos livros A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista e A Geografia de Nós Dois.

 

 

114 comentários sobre “Aconteceu Naquele Verão, de Stephanie Perkins (Org.) #Resenha

  1. Helena Carla

    Eu vi esse livro na Saraiva e quase comprei. Depois de ler a sua resenha me arrepedi de não ter comprado.
    Parece ser otimo e tem varios autores que eu gosto.
    Adorei a sua resenha.

  2. Francisca Elizabete

    Adoro livros de contos e este parece ser maravilhoso!! Com certeza nós leitores iremos saborear um livro que traz uma pitada de humor e reflexão. Uma narração apaixonante onde são abordados dilemas como: trabalho de férias, drama escolar ou familiar, reencontros e despedidas, erros e recomeços, inseguranças, romances de verão e amadurecimento!! Já quero ler!!

  3. lanawesley

    Amo livros que tem como tema o verão, até porque e a época do ano que mais amo, quando soube do lançamento deste livro fiquei bastante entusiasmada, principalmente porque ainda não li nenhum livro dessas autoras, apesar de serem bem conhecidas. Da para notar que os contos são bem românticos, porém cada um possui sua particularidade, os que os torna bem diferentes. Esse já está na minha lista de desejados.

  4. Kemmy Oliveira

    Oii!
    Uma coisa que eu gostei muito nesses livros é que seguiram o mesmo padrão de capa hahaha odeio quando lançam dois livros de uma (série? coleção? não sei) com capas totalmente diferentes.
    Enfim, não sou muito de ler contos e é exatamente o que você disse: nem todos vão nos agradar. Mas mesmo em prosa a gente acaba gostando mais de umas partes do que de outras, né?
    Achei legal que tenham contos leves, românticos, divertidos, mas também misteriosos e até mesmo sobrenaturais. Assim não fica aquela mesmice. O presente do meu grande amor não despertou muito do meu interesse, mas esse sim ♥

    Beijos!

  5. cila-leitoravora

    Oi Camila sua linda, tudo bem?
    Eu vi quando a editora lançou o livro, achei a capa super fofa. E adoro a autora Stephanie Perkins. Mas eu não tenho o costume de ler livros de contos, só quando pertencem a uma série. Eu gosto de histórias únicas e essas curtinhas sempre acabam nos deixando com a sensação de que poderiam ter sido muito mais. Mas para quem lê contos, tenho certeza de que não irá se decepcionar!!!! Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!

%d blogueiros gostam disto: