Leitora Compulsiva

O Que Vem Por Aí – Faro Editorial #Lançamentos

Hoje é dia de mais um post da coluna “O Que Vem Por Aí” e vamos conhecer os lançamentos da Faro Editorial para o mês de Maio!




Sejam bem vindos a mais um post da coluna “O Que Vem Por Aí”. Hoje vamos conhecer os livros que a Faro Editorial lançará no mês de maio. Nesse mês teremos três livros de não ficção, com um viés histórico e político: “Pós-Verdade”, de Matthew D’Ancona, “12 Lições da História para Entender o Mundo”, de Will e Ariel Durante e “Menos Estado e Mais Liberdade”, de Friedrich August von Hayek.

o que vem por aí faro editorial blog leitora compulsiva

“Pós Verdade” do jornalista Matthew d’Ancona debate o novo uso da mentira: as fake news

 

Um dos jornalistas políticos mais respeitados da Inglaterra apresenta neste livro um cenário aterrador: o da disseminação da mentira como mecanismo de manipulação na sociedade moderna

 

Pós-verdade, segundo o dicionário, tem a seguinte definição: Quando os apelos à emoção, a crenças e a ideologias têm mais influência em moldar a opinião pública que os fatos objetivos.

 

Bem-vindos à era da pós-verdade: uma época em que a arte da mentira está abalando as próprias fundações da democracia e do mundo como o conhecemos. Tudo o que não foi previsto por todos os analistas, aconteceu: o Brexit, a eleição de Donald Trump, o ceticismo em relação ao aquecimento global, as campanhas contra vacinação e a perseguição aos grupos que pensam o contrário foram acontecimentos que se basearam no poder de evocar os sentimentos das pessoas e desprezar o que é verdade.

 

O que tudo isso significa e como podemos defender a verdade em uma época de mentiras, os atualmente chamados fatos alternativos?

 

A Faro Editorial lança este mês “Pós Verdade – A nova guerra contra os fatos em tempos de fake news” do jornalista político britânico Matthew d’Ancona. Em Pós-verdade, o jornalista britânico Matthew d’Ancona mostra por que, depois que se perde a confiança, as teorias conspiratórias prosperam, a autoridade da mídia definha e as emoções importam mais do que os fatos. Além disso, revela o motivo pelo qual as campanhas políticas atuais recorrem à pós-verdade e aos fatos alternativos para conquistar eleitores resignados e apáticos.

 

Matthew investiga como chegamos até aqui, explica por que a resignação não é uma opção e revela como podemos e devemos nos defender e contra-atacar.

 

“O polêmico jornalista, Matthew d’Ancona faz perguntas que são urgentemente atuais e inegavelmente importantes.” — JOHN GRAY, THE GUARDIAN

 

“Mesmo para aqueles que se revigoram com obras perturbadoras, este livro será surpreendente.” — NICK COHEN, OBSERVER

 

Faro Editorial lança “12 lições da História para entender o mundo”, dos autores premiados com o Pulitzer

Um dos mais interessantes estudos sobre a humanidade ao longo da história, escrito pelos historiadores Will e Ariel Durant

 

“Pensar o passado para compreender o presente e idealizar o futuro.” – Heródoto

 

É comum para o historiador encarar muitos questionamentos ao terminar uma pesquisa profunda sobre a história da humanidade se perguntar: para que serviu todo esse trabalho? Aprendeu mais acerca da natureza humana do que o homem comum aprenderia sem nunca abrir um livro? Conseguiu obter da história algum esclarecimento sobre a nossa situação atual, alguma orientação para nossos julgamentos e políticas? Encontrou algum padrão na sequência de fatos passados que permitam prever ações futuras dos homens ou até o destino dos países? É possível que, afinal, “a história não tenha sentido”, que não nos ensine nada e que o vasto passado tenha sido apenas um ensaio fatigante dos erros que está destinado a cometer no futuro?

 

Essas e outras perguntas são respondidas pelos historiadores Will e Ariel Durant em “12 lições da História para entender o mundo”, lançado este mês pela Faro Editorial.

 

Neste livro, os vencedores do Pulitzer apresentam uma visão geral sobre os principais temas da vida humana e as lições que podemos extrair ao observarmos essas experiências em 5 mil anos de registros da história mundial.   Trata-se de uma jornada pela história, explorando as possibilidades e limitações da humanidade ao longo do tempo.

 

Escrito para leitores curiosos por História, os autores apresentam numa versão concisa, uma gama de conhecimentos relacionados a 12 temas: geografia, biologia, raça, caráter, moral, religião, economia, socialismo, governo, guerra, crescimento & decadência e progresso.

 

Uma obra-prima para todos que querem entender a essência do comportamento humano, de onde viemos e para onde vamos, não em outras vidas, mas a raça humana, aqui mesmo na terra. Relacionando ideias e realizações com ciclos de guerras, crescimento e conquistas, os autores revelam como a História oferece caminhos e um sentido ao nosso próprio tempo.

 

“Nosso conhecimento de qualquer acontecimento passado é sempre incompleto, possivelmente impreciso, ofuscado por evidências ambivalentes ou historiadores preconceituosos, e talvez até distorcidos pelo nosso patriotismo e por nosso partidarismo religioso.”

 

Faro Editorial lança obra que traz as principais de F.A. Hayek sobre o livre mercado.

 

“Menos Estado, Mais Liberdade” explica de maneira objetiva as ideias que norteiam o Pensamento Liberal

 

“A geração de hoje cresceu num mundo em que, na escola e na imprensa, o espírito da livre iniciativa é apresentado como indigno e o lucro como imoral, onde se considera uma exploração dar emprego a cem pessoas, ao passo que chefiar o mesmo número de funcionários públicos é uma ocupação honrosa.” F. A. Hayek

 

Laureado com o Prêmio Nobel de Economia, F.A. Hayek , revolucionou a compreensão dos mercados e, em seguida, desafiou profundamente a compreensão pública do governo.  Hayek é um dos poucos cientistas sociais dos últimos 200 anos que repensou completamente a relação entre indivíduos, mercado e estado. Mas, enquanto inúmeros trabalhos discutiram a importância de Hayek e suas ideias, nenhuma obra se concentrou em tornar as ideias básicas acessíveis a não-economistas.

 

A Faro Editorial lança este mês “Menos Estado, mais liberdade” do economista político e filósofo austríaco Friedrich August von Hayek. O livro aponta e destaca as principais propostas de Hayek ao longo dos anos, explicando em linguagem não acadêmica sua visão e críticas sobre a natureza da sociedade e dos mercados.

 

“Nenhuma figura teve influência tão grande sobre os intelectuais por trás da Cortina de Ferro quanto Friedrich Hayek. Seus livros, traduzidos e publicados por iniciativas independentes, embasaram a oposição ao regime e contribuíram para o colapso da União Soviética.” – MILTON FRIEDMAN – Prêmio Nobel de Economia

 

“O trabalho de Hayek marca o começo do debate mais fundamental no campo da filosofia política.” –  KARL POPPER – Filósofo

 

Como eu não sou muito de não ficção, resolvi pedir um livro do catálogo da Faro Editorial chamado “Morte Lenta”, um suspense que promete!!

 

6 comentários sobre “O Que Vem Por Aí – Faro Editorial #Lançamentos

  1. Maisanara F.

    Sinceramente, nenhum dos livros me interessou! Acho que por serem livros de não-ficção, que não costumo ler, e que abordam temáticas que não “curto” muito!

  2. RUDYNALVA CORREIA SOARES

    Camis!
    Gostei muito dos três lançamentos, parecem uma viagem à história.
    Uma ótima semana!
    “Eu gosto de escutar. Eu aprendi muito escutando cuidadosamente. A maioria das pessoas nunca escuta. “(Ernest Hemingway)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA MAIO – 4 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

  3. Leticia Ramos de Mello Oliveira

    Olá, Camila!

    Também não sou muito dos livros de não ficção, mas achei interessante o 12 lições da história. Porque se muitas vezes achamos que certos fatos nos dias de hoje repetem fatos do passado, mesmo aqueles que nunca mais deveriam ser repetidos, e esquecemos que o passado nos dá lições importantes sobre o porquê agimos daquele modo.
    É como se as guerras de hoje fossem frutos de cicatrizes de outros conflitos, de décadas e até mesmo séculos atrás, que nunca foram fechadas de vez, até pelos partidarismos nacionais e religiosos que envolvem essas guerras, citado na sinopse do livro.

    Um abraço!

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!

%d blogueiros gostam disto: