Leitora Compulsiva

Quando a Bela Domou a Fera, de Eloisa James #Resenha

quando a bela domou a fera eloisa james fairy tales resenha blog leitora compulsivaTítulo: Quando a Bela Domou a Feraas modistas escândalo de cetim loretta chase blog leitora compulsiva

Série: Fairy Tales #01

Autor(a): Eloisa James

Editora: Arqueiro

Ano: 2017

Páginas: 320

Tradução: Thalita Uba

Sinopse: AQUI

Download do 1º Capítulo: AQUI

Onde Comprar o livro: Amazon, Livraria Cultura, Saraiva, Fnac, Submarino

Onde Comprar o E-Book: Amazon (Kindle), Saraiva

***





Como uma boa viciada em livros, sempre fui apaixonada pela história de “A Bela e a Fera”! Que leitora nunca se imaginou no lugar da Bela, passeando pelas fileiras dos milhares de livros da biblioteca da Fera, hein?! Confesso que aquela cena do desenho da Disney me fez desejar loucamente uma estante com escada!! Rs…

E exatamente por gostar tanto desse história que adoro também as releituras e as histórias construídas sobre a premissa da jovem inocente que ultrapassa os preconceitos e consegue amar aquele que se julga não merecedor de amor!! Rs…

Por tudo isso, quando a Arqueiro anunciou que lançaria “Quando a Bela Domou a Fera”, fiquei doida para conhecer essa história!

quando a bela domou a fera eloisa james editora arqueiro blog leitora compulsiva resenha

Sobre o que é “Quando a Bela Domou a Fera”?

“Quando a Bela Domou a Fera” é um romance de época que conta a história da jovem Linnet Thrynne, uma das damas mais belas da sociedade londrina que só não é um dos partidos mais cobiçados da cidade porque é filha de um visconde sem muita influência! Mesmo assim, Linnet acaba conquistando a atenção do príncipe Augustus Frederick, duque de Sussex.

Linnet era o tipo de garota que poderia levar um cavalariço a feitos heroicos, ou um príncipe a atos menos intrépidos, como vencer uma trilha cheia de espinheiros apenas para lhe dar um beijo.

São justamente os beijos do príncipe que acabam colocando Linnet no centro de um escândalo. Depois de flagrada aos beijos com Augustus, a reputação de Linnet vai pelo ralo. Para piorar, o vestido que ela está usando na ocasião a deixa com uma silhueta maior, aparentando uma gravidez! E assim a confusão está armada… Os boatos se espalham rapidamente e todos passam a acreditar que Linnet está grávida do príncipe, que não tem intenção nenhuma de se casar com ela. Agora Linnet precisa arranjar um casamento com urgência!!

Piers Yelveton, conde de Marchant e herdeiro do duque de Winderbank, é famoso por ser um excelente médico com um péssimo gênio. Ainda criança, Piers sofreu um acidente que o deixou com uma enorme cicatriz na perna e que lhe provocam dores fortíssimas! Há ainda quem diga que Piers se tornou imune aos encantos femininos e incapaz de gerar um herdeiro para a família Winderbank. Não que ele se importe, já que um herdeiro é tudo o que seu pai deseja e Piers não tem a menor vontade de fazer as vontades do pai que ele despreza!!! Piers, com seu sarcasmo em nível máximo, chega até mesmo a mandar para o pai uma lista de requerimentos em uma esposa de uma página inteira, sabendo que o pai nunca encontrará uma mulher com todas essas qualidades.

O Duque de Winderbank sempre soube que a tareda de encontrar uma esposa para o filho seria praticamente impossível, mas eis que a solução perfeita aparece: Linnet Thrynne, a garota que se enquadra perfeitamente na lista de exigências de Piers e que já vem com um herdeiro perfeito, de uma linhagem real!! (Pelo menos é isso que ele acredita! Rs…). E é assim que Linnet se torna noiva de Piers e acaba indo parar em seu castelo no País de Gales!

Obviamente o encontro dos dois não é nada cordial. Piers reconhece que Linnet é linda, mas não deseja se casar, muito menos com alguma garota escolhida por seu pai. Linnet descobre que o castelo funciona como um verdadeiro hospital, mas que o médico pode ser também um monstro. O que nenhum deles imagina é que o vírus do amor está sondando o coração deles e que não há cura para essa doença!! Rs…

O que esperar desse livro?

“Quando a Bela Domou a Fera” é um romance de época delicioso e divertido, com uma narrativa ágil, uma linguagem contemporânea e personagens muito carismáticos, que nos arrebatam desde o início e tornam a leitura uma ótima experiência.

Linnet é uma protagonista divertida, audaciosa e forte, que não se amedronta diante da fera que é Piers. Uma das coisas que mais bacanas sobre Linnet é que, por mais que ela se sinta injustiçada pelos boatos e saiba que não fez nada de errado, ela não fica chorando e se lamentando sobre as mazelas da vida… Pelo contrário! Linnet sabe que não há muito que ela possa fazer sobre sua reputação arruinada, então decide encarar o desafio de conseguir o casamento com Piers.

Sobre Piers, vale destacar que ele foi assumidamente inspirado no personagem interpretado por Hugh Laurie na série de TV House. Ele até mesmo usa uma bengala e tem aquela mesma rabugice intelectual e sem escrúpulos que sempre amei no House!! Rs… Não preciso nem dizer que adorei essa inspiração e acho que combinou muito bem com a história!

Eloisa James é hoje um dos grandes nomes dos romances de época e foi indicada para a Editora Arqueiro por ninguém menos do que a queridinha Julia Quinn! E quem sou eu para discordar dela?! Rs… Então é claro que eu recomendo! Rs…

Sobre a autora e seus outros livros…

Eloisa James escreveu seu primeiro romance depois de se formar em Harvard, mas o manuscrito foi rejeitado por todas as editoras. Depois de obter mais alguns diplomas e arranjar emprego como professora especializada em Shakespeare, ela tentou novamente, dessa vez com mais sucesso. Mais de 20 best-sellers depois, ela dá cursos sobre Shakespeare na Fordham University, em Nova York, é mãe de dois filhos e, numa ironia particularmente deliciosa para uma autora de romances, é casada com um legítimo cavalheiro italiano. (Fonte: Site da Arqueiro).

“Quando a Bela Domou a Fera” faz parte de uma coleção de livros escritos pela Eloisa James que são baseados em contos de fadas. Os outros livros dessa coleção são: The Kiss at Midnight, The Duke is Mine, The Ugly Duchess e Once Upon a Tower. De acordo com as informações constantes no site da autora, existem pequenas conexões entre as histórias, mas os livros podem ser lidos em qualquer ordem.

13 comentários sobre “Quando a Bela Domou a Fera, de Eloisa James #Resenha

  1. rudynalva

    Camis!
    Adoro todas as releituras de contos de fadas e A Bela e a Ffera é meu conto favorito.
    E se ainda vem como um romance de época onde aos poucos eles vão mantendo um companheirismo inesperado, fiquei com a maior curiosidade em poder conferir a leitura.
    Desejo uma ótima semana!
    “Compreender que há outros pontos de vista é o início da sabedoria.” (Campbell)
    cheirinhos
    Rudy

    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

  2. Márcia Saltão

    Oi, Camila!
    Gosto de romances de época e sendo uma releitura de contos de fada, mais interessante!
    Adorei sua resenha, sempre muito bem escrita. E por suas palavras, fiquei com muita vontade de conhecer mais da obra e desses personagens tão cativantes.
    Beijos.

  3. Marta Izabel

    Oi, Camis!!
    Adorei a resenha e sou fascinada por releituras de contos de fadas, e simplesmente adoro A Bela e a Fera!! E espero ler esse livro muito em breve e matar minha curiosidade sobre a história!!
    Beijoss

  4. chefa

    Nossa, Camis! A princípio eu não estava muito interessada no livro, mas você me fez mudar de ideia! Gosto de uma releitura e acho que vou seguir a sugestão! rs

  5. Rosemary S. de Castro

    OI Camis, fiquei encantada por esta história, a começar pela linda capa. O fato dela ter se inspirado em House foi outro motivo que adorei. Aliás, imaginava o House a todo momento, pois ficou fiel mesmo. Que linguá e humor nosso protagonista tinha…
    Bjs

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!

%d blogueiros gostam disto: