Leitora Compulsiva

Origem, de Dan Brown #Resenha

Origem Dan Brown Resenha Blog Leitora Compulsiva ArqueiroTítulo: Origem

Autor(a): Dan Brown

Editora: Arqueiro

Ano: 2017

Páginas: 432

Tradução: Alves Calado

Sinopse: AQUI 

Download do 1º Capítulo: AQUI

Onde Comprar o livro: Amazon, Livraria Cultura, Fnac, Submarino, Buscapé

Onde Comprar o E-Book: Amazon (Kindle), Livraria Cultura

***





Após quatro anos da publicação de Inferno (que ainda pretendo resenhar por aqui! Rs…), Dan Brown volta às livrarias nesse mês de outubro com a mais nova aventura de Robert Langdon. Como uma boa fã das histórias do autor, pedi um exemplar digital do livro – estava tão ansiosa para ler, que não quis nem esperar o tempo dos correios!! Rs…

origem dan brown resenha arqueiro blog leitora compulsiva

Sobre o que é “Origem”?

“Origem” é o quinto livro do autor Dan Brown protagonizado por Robert Langdon, um professor de iconografia religiosa e simbologia da Universidade Harvard que parece ter uma atração pelo perigo e por salvar o dia – uma espécie de Indiana Jones!! Rs…

Em “Origem”, Langdon é convidado para assistir uma apresentação no Museu Guggenheim de Bilbao, na Espanha. Edmond Kirsch, um dos ex-alunos mais brilhantes de Langdon e conhecido mundialmente por suas invenções de alta tecnologia e suas previsões infalíveis, prometeu revelar ao mundo a sua mais recente descoberta, algo capaz de responder às duas perguntas fundamentais da existência humana e ainda acabar

Antes da apresentação, Langdon faz um rápido passeio pelo museu de arte moderna, sob a orientação de Winston, um guia que o acompanha remotamente por um fone de ouvido. No final do tour, Langdon se encontra rapidamente com Kirsch, que confidencia ao professor estar temendo pela própria vida!

Milhões de pessoas estão assistindo a apresentação pela internet e junto com os presentes  no museu ficam hipnotizados, mas tudo se transforma em um verdadeiro caos e Kirsch perde a chance de revelar suas descobertas!!

A única forma disso acontecer é se Langdon e Ambra Vidal, a elegante diretora do museu e noiva do príncipe da Espanha, conseguirem desvendar as pistas de Kirsch para acessar seu computador e finalmente tornar público o segredo que o cientista guardou até agora!! E mais uma vez Langdon terá que contar com seus conhecimentos sobre obras de arte, da literatura, de história e de simbolismos religiosos!!

 

O que esperar desse livro?

Sei muito bem que muita gente critica o escritor Dan Brown, principalmente pela utilização de uma mesma fórmula em todos os seus livros sobre o protagonista Robert Langdon: O professor é chamado para ajudar e acaba envolvido em uma corrida insana para salvar o dia e evitar de ser morto, sempre bem acompanhado de uma bela jovem. Isso nunca me incomodou e sempre me diverti bastante com seus livros!

A narrativa acessível do autor, a forte influência das artes na trama e o fato de que o protagonista é desafiado a desvendar enigmas sempre foi o que me atraiu em suas histórias!! E por tudo isso eu estava animadíssima para curtir “Origem”…

Bom… E sabem como é: quando as expectativas são muito altas, a chance de decepção é ainda maior! Pois é… Infelizmente não senti a mesma empolgação com a leitura de “Origem” como senti com os outros livros do autor e senti que alguma coisa se perdeu!!

Vejam bem… A trama desse livro é muito bem elaborada e o autor novamente conseguiu provocar aquela sensação de que tudo poderia ser mesmo verdade. Gostando ou não da maneira como o autor aborda a religião, é preciso reconhecer que ele faz isso de maneira inteligente e baseada em princípios científicos reais. Mais uma vez ele traz a arte, a literatura e os acontecimentos históricos para dentro da trama e faz isso brilhantemente, como nenhum outro autor!! E nesse aspecto eu adorei!!

Mas então o que faltou?! Para mim foi a emoção dos desafios, das descobertas e do perigo! A leitura demorou muito para engrenar porque o início do livro me pareceu didático demais e a troca de ponto de vista a todo o tempo me cansou! Enquanto o autor se preocupava em narrar o que acontecia com cada personagem separadamente, muito pouco da história realmente avançava.

No entanto, o que mais fez falta para mim foi aquela “caça ao tesouro” que eu tanto esperava! Nos outros livros, Langdon sempre encontrava uma pista que levava à outra que tinha que ser desvendada, mas nesse livro o grande desafio dele foi descobrir a senha do computador de Kirsch. No quesito Enigmas, esse livro foi o mais fraco até agora!!

E o final, que deveria ser a grande reviravolta na trama, foi óbvio demais para mim!!! Desde o começo da história já deu para sacar quem era o vilão master da coisa toda e até mesmo quais eram as suas motivações! Então o final acabou sendo um grande “Ah tá…”.

Queria muito que esse tivesse sido um daqueles livros que nos tiram o chão, mas não foi!! A história é inteligente, bem escrita, polêmica (como sempre!)… Só não tem o Fator UAU, se é que me entendem!!

Se eu recomendo?! Até que recomendo sim, mas junto com uma boa dose de “zeroexpectativex” na veia! Rs…

Sobre o autor e seus outros livros…

Dan Brown é o autor de suspense mais popular da atualidade, com mais de 150 milhões de livros vendidos. Seu mega-seller O Código Da Vinci já vendeu mais de 80 milhões de exemplares em todo o mundo. Dan é casado com a pintora e historiadora da arte Blythe, que colabora nas pesquisas de seus livros. Ele mora na Nova Inglaterra, nos Estados Unidos.

Os livros do protagonista Robert Langdon são: Anjos e Demônios, Código Da Vinci, Símbolo Perdido, Inferno e Origem. Além deles, o autor já publicou também os livros Pontos de Impacto e Fortaleza Digital.

 

 

24 comentários sobre “Origem, de Dan Brown #Resenha

  1. rudynalva

    Camis!
    Jásou bem fã do Robert Langdon e claro do Dan Brown, porque gosto muito das questões que levanta em seus livros, principalmente sobre religião e como elabora todo enredo voltado para a utilização dos conhecimentos de Langdon. E agora tudo se passa na Espanha, já fiquei empolgada.
    Uma pena que achou ter faltado algo e não foi empolgante como os anteriores.
    Ainda assim, quero ler.
    “Só a mágoa deveria ser a instrutora dos sábios; Tristeza é saber.” (George Lord Byron)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

  2. Morgana Brunner

    Eu fiquei apaixonada pela sua resenha, esse é um dos livros que mais tenho tinha vontade de ler, não que vá desistir, mas esperarei um bom tempo para tomar coragem, ótima resenha linda, amei demais!
    Beijinhos

  3. Raquel Machado

    Oi,
    Primeira resenha que leio desse livro e como você sou fã do Dan e não me incomodo da sua fórmula mágica não para mim funciona muito bem. Que pena que esse livro não foi tão emocionante quanto aos outros mas entendi o que você quis dizer, assim que li a sinopse fiquei pensando que estava fácil demais o enigma dessa vez, mesmo assim quero conferir sim, acho que sempre vale a pena.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

  4. Sandra Mendes

    Camis, tudo bem?
    Apesar do Dan Brown ser supercriticado, eu também gosto muito dos livros dele. Porém, só dos livros que têm o Robert Langdon como protagonista. Os livros únicos eu acho meio “bleh”. rsrs
    Eu não li sua resenha toda, só alguns pontos, porque meu livro está aqui, mas ainda não o li.
    Gostei de saber que não devo ler com muitas expectativas. Assim não me decepciono.
    Depois eu volto pra contar se gostei.

    Beijos!

  5. Carolina Durães de Castro

    Oi Camila, tudo bem com você?
    Eu vou ser honesta e dizer que li sua resenha por alto, pois esse livro é um das minhas próximas leituras rs. Eu particularmente sou fã do autor, então tenho altas expectativas com o livro, mas fiquei meio receosa depois de ler sua resenha.
    Bjkas

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Pah.
      Você pode ler os livros em qualquer ordem, porque as histórias não tem nenhuma relação e também não tem aquela evolução do personagem ou de sua vida pessoal! São história completamente independentes, então pode ler esse antes sem problema!
      Beijos

  6. Marina Santos

    Olá.

    Eu nunca li um livro do autor rsrsrrs Não me mate! Mas já li algumas resenhas sobre suas obras e é bem verdade que as pessoas falam que com esse protagonista, Robert Langdon, ele usa uma formula. Eu já assisti um filme baseada nos livro dele, e concordo que ele usa coisas bem inteligentes nos seus livros. Uma pena que faltou ação, né?! E que suas expectativas não foram sanadas :/ srsrrs Mas qualquer dia eu quero ler o livro dele sim, você me recomenda algum?

    Beijos

  7. Joyce Penedo

    Ola lindona eu estou doida para ler esse livro, adoro a escrita do autor, sempre envolvente, esse livro teve uma grande publicidade com seu lançamento atiçando ainda mais a curiosidade do leitor, tenho certeza que irei me surpreender assim como você. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!

%d blogueiros gostam disto: