Leitora Compulsiva

Michel Bussi – O Voo da Libélula

Título: O Voo da Libélula

Autor(a): Michel Bussi

Editora: Arqueiro

Ano: 2015

Páginas: 400

Tradução: Fernanda Abreu

Sinopse: Skoob

Download do 1º Capítulo: AQUI

Onde Comprar o livro: Amazon, Livraria Cultura, Saraiva, Fnac, Submarino, Livraria da Travessa

Onde Comprar o E-Book: Amazon (Kindle), Livraria Cultura, Saraiva, Livraria da Travessa

***

Sempre eu recebo o catálogo de lançamentos da Editora Arqueiro, dou uma olhada geral para escolher quais os livros que vou querer ler para resenhar aqui no blog. As continuações de série são sempre prioridade, mas vez ou outra surge algum livro diferente que atrai a minha atenção, como foi o caso de “O Voo da Libélula”, de Michel Bussi. Mesmo sem ter ouvido falar sobre o autor ou ter lido alguma boa crítica sobre o livro, fui tomada pela curiosidade e resolvi pedir um exemplar! O título não dizia muita coisa, mas a frase da capa a lombriguinha… Rs!!!

O livro demorou para chegar e nesse meio tempo comecei a ler algumas resenhas que diziam que o livro era sensacional. Outras diziam que o livro era meio paradão e uma chegou até mesmo a descrevê-lo como chato! E minha reação foi: ‘Putz… Será que vou me arrepender?’ Então, quando o livro chegou, demorei alguns dias para ter coragem de começar a ler. No entanto, bastou começar para não conseguir mais parar. O livro virou quase uma obsessão e sobrou para o coitado do meu marido, que chegou a dizer: “Perdi a esposa para o livro!” rs…

Terminei de ler o livro em maio, mas só agora consegui sentar e escrever essa resenha. Essa demora toda pode ser explicada pelo fato de eu simplesmente não ter ideia de como resenhar esse livro!!! Fazia tempo que isso não acontecia comigo, mas a verdade é que, por mais que eu tenha amado o livro a ponto dele entrar para a minha lista de TOP 5 de 2015, eu não sei como escrever sobre ele sem correr o risco de deixar escapar algum detalhe que não deveria!! rs…

Bom, para tentar explicar um pouco melhor sobre esse meu tormento, deixa eu começar pela premissa do livro:

Em 23 de dezembro de 1980, um avião que partiu de Istambul com destino a Paris cai na fronteira entre a França e a Suíça, matando todo mundo a bordo, com exceção de uma bebê de 3 meses. A bebê é levada ao hospital e recebe todos os cuidados necessários. O avô da menina então aparece e a identifica como sendo Lyse-Rose, da poderosa família dos Carville. E então outro avô surge e a identifica como sendo Émilie Vitral, de uma família simples do interior francês.

Sem dispor dos modernos exames de DNA que resolveriam a questão rapidamente, a única solução é deixar para a Justiça decidir qual das garotas é a sobrevivente e depois de muitas idas e vindas o tribunal finalmente dá um veredito e uma identidade para aquela criança, que passou a ser conhecida em todo o país pelo apelido de Lylie.

Mesmo assim, uma das famílias decide contratar o detetive particular Crédule Grand-Duc, que torna a busca pela verdade a missão de sua vida. Dezoito anos se passaram e Grand-Duc jamais encontrou a resposta que buscava… Ele decide então enviar o resumo de toda a sua investigação para Lylie, queimar todo o material que reuniu ao longo dos anos e tirar a própria vida! Grand-Duc monta o cenário de sua morte e no momento em que vai puxar o gatinho, descobre que a resposta estava bem ali e esperava por esse exato momento para ser encontrada! Acontece que, antes de conseguir revelar a verdade, Grand-Duc é assassinado!!!

Enquanto isso, a jovem Lylie lê o diário de Grand-Duc e tira suas próprias conclusões sobre tudo. Transtornada, ela decide desaparecer e deixa o diário com seu irmão Marc. Para encontrar Lylie, Marc terá que ler todo as anotações de Grand-Duc e por conta própria desvendar o mistério que assombra a vida de todos os envolvidos há 18 anos!

Parece uma história simples de investigação, não é mesmo?! Mas não é!!! Não se iludam!!!! De simples essa história não tem nadica de nada!! Rs…

A primeira dificuldade é que a história é narrada do ponto de vista de Marc, de Lylie, de Grand-Duc e de mais alguns outros personagens secundários. Outro problema é que as coisas são narradas sem seguir uma sequência cronológica, o que nos obriga a sempre prestar atenção na data indicada em cada início de capítulo!

Para elevar ainda mais o grau de dificuldade desse livro, todo mínimo detalhe que aparece durante a narrativa é importante para finalmente desvendarmos o mistério, então não dá para relaxar! É uma leitura que exige muita concentração e atenção!! Normalmente eu gosto de dar uma visão muito mais ampla da história do que aquela trazida pela sinopse, mas a graça toda desse livro é justamente descobrir cada um desses pequenos detalhes… No geral, temos uma porção de pequenos retalhos na mão, que precisam ser colocados em ordem para formar uma bela colcha!

O ritmo do livro pode ser ainda extremamente desafiante para quem não tem muita experiência com esse tipo de livro. A história alimenta a curiosidade e ansiedade do leitor, que quer descobrir o mistério o mais rápido possível. Só que tudo acontece muito devagar e o resultado é uma frustração constante que pode ser muito ruim para alguns leitores. Para mim essa frustração serviu para mostrar o quanto eu estava envolvida com a história!

Posso afirmar com certeza, que “O Voo da Libélula” é um dos quebra-cabeças literários mais intrincados e difíceis que já montei, mas um dos mais recompensadores! Esse foi um livro que me arrancou da realidade… um daqueles que me impediu de fazer qualquer outra coisa a não ser ler até chegar ao final!!

Curiosamente, lá por volta da página 100, eu estava tão absurdamente frustrada por não ter ideia do que estava acontecendo, que disse para o meu marido: “Argh! Esse livro está me deixando doida!!! Quer saber? Acho que a verdade é que aconteceu XYZ”… Sendo que XYZ significava o palpite mais absurdo e que nunca imaginei de verdade que pudesse acontecer!! Adivinhem só… Depois de mais 300 páginas descobri que eu simplesmente tinha descoberto todo o mistério do livro! kkkkkkkk E esse foi o chute mais torto que eu já dei sobre o final de um livro! kkkkkk

E agora chegamos ao final dessa resenha e acho que cumpri bem a minha missão de escrever sobre o livro, sem escrever sobre ele! hehehehehehehehe

Decididamente é um livro que eu indico!!

Alguém já leu esse livro? O que achou??

Arqueiro

4 comentários sobre “Michel Bussi – O Voo da Libélula

  1. Fabrica Dos Convites

    Sério que você descobriu o final?! Livros assim que precisam de mais atenção na leitura e com este grau de mistério ou tensão, me fazem roer as unhas. é aquela vontade de espiar o final e ver o que acontece.
    è um livro que não li ainda, mas está entre os desejados.
    Bjs, Rose.

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Nossa, Rô…
      Pensa num chute ninja?! Eu confesso que disse a coisa mais improvável que passou pela minha cabeça e no fundo eu estava certa!!!
      Olha, se tiver uma chance, leia mesmo!! Fiquei doida com essa história! hehehe
      beijos

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Nossa, Vi.
      Esse livro é muito louco!!
      Fiquei super empolgada com essa leitura! Se quiser, me avisa que eu te empresto!
      Beijos

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!

%d blogueiros gostam disto: