Leitora Compulsiva

Legado, de Hugh Howey

legado silo hugh howey leitora compulsivaTítulo: Legado

Série: Silo #3

Autor(a): Hugh Howey

Editora: Intrínseca

Ano: 2016

Páginas: 368

Tradução: Edmundo Barreiros

Sinopse: AQUI 

Download do 1º Capítulo: AQUI

Onde Comprar o livro: Amazon, Livraria Cultura, Saraiva, Fnac, Submarino

Onde Comprar o E-Book: Amazon (Kindle), Saraiva

***




Há dois anos tive o prazer de ler o livro Silo e conhecer o autor Hugh Howey na Bienal do Livro de São Paulo. A história criada por ele me surpreendeu positivamente e fiquei aguada pela continuação. O livro Ordem saiu em 2015 e só me deixou ainda mais apaixonada por essa trama distópica surpreendente!

Esse ano, assim que a Intrínseca anunciou o lançamento do último livro da trilogia, chamado Legado, fiquei empolgadíssima para conhecer o destino de Juliette e dos demais habitantes do Silo 18!!

Sobre o que é “Legado”?

Legado é o último livro da Trilogia Silo e traz o desfecho dessa história distópica que se passa em um futuro pós apocalíptico no qual, o que sobrou da humanidade mora em uma construção subterrânea de 144 andares chamada de Silo.

No primeiro livro da série somos apresentados aos habitantes desse Silo e ficamos sabendo que centenas de anos se passaram desde que a Terra foi destruída por bombas atômicas e por isso as pessoas não tem a menor ideia de como é o mundo lá fora! Eles nasceram e sempre viveram ali, obedecendo às rígidas regras impostas pelo governo. Tudo precisa ser controlado no Silo e cada um tem a sua função: há aqueles responsáveis pelo funcionamento das máquinas, os responsáveis pela tecnologia, os que produzem alimentos, os que cuidam da saúde, os que ensinam, os que cuidam da lei e há até um prefeito que governa o Silo. A única parte do Silo que fica para fora do solo é seu último andar, onde estão localizadas as câmeras que mostram como é o lado de fora. O problema é que as lentes das câmeras, localizadas fora da cúpula, precisam de constante limpeza e a solução encontrada foi a de mandar os condenados por crimes graves e traições para o lado de fora, ou ainda aqueles que simplesmente desejarem sair. E essas pessoas, mesmo sabendo que vão morrer, saem do Silo e fazem a limpeza das lentes.

E é no primeiro livro que conhecemos Juliette, uma garota da mecânica que acaba sendo escolhida como prefeita do Silo, mas que acaba sendo condenada e mandada para a limpeza. Mas Juliette surpreende a todos quando sai andando do Silo, não faz limpeza alguma e simplesmente desaparece de vista! E é aí que a coisa toda vira uma loucura!!

Já no segundo livro temos uma quebra total na sequência da história. Em Ordem voltamos ao ano de 2049 (sim, é ‘voltamos’ já que a história do primeiro livo se passa muito tempo depois disso! rs…)  e descobrimos o que aconteceu com a Terra, quem construiu o Silo e para que ele serve. E o personagem central aqui é Donald Keene! Ao mesmo tempo somos apresentados a Troy, no ano de 2110. Ele acaba de ser acordado do congelamento e está completamente confuso. As poucas lembranças que ele tem são sobre a orientação e ele só sabe que tem um trabalho a cumprir… Um trabalho para o qual ele foi promovido no último minuto e por isso ele não sabe exatamente o que precisa fazer. Ele sabe que precisa chefiar uma instalação subterrânea durante 6 meses e logo poderá voltar a seu sono no gelo! E é claro que o livro termina fazendo um grande link entre o que aconteceu em 2049, o que está acontecendo em 2110 e tudo o que aconteceu no Silo e com Juliette no primeiro livro!!

E agora chegamos ao terceiro livro e ao final dessa trama toda e eu sinto que não posso contar praticamente nada dessa história! Isso porque a história toda é construída em cima de surpresas e mais surpresas, então dar qualquer detalhe sobre o que acontece nesse livro é final pode estragar a leitura de vocês!

Mas o que é importante saber sobre esse terceiro livro: Juliette sobreviveu ao “passeio” no exterior e está de volta ao Silo, com muitas novidades e a principal delas é que ela sabe que existem outras pessoas vivas foram do Silo e que, de alguma forma, essas pessoas querem destruí-los. Juliette então coloca seus planos de sobrevivência em ação e sente que todo o peso da humanidade está sobre seus ombros! Em outro lugar não muito distante dali, duas pessoas estão tentando de tudo para dar uma chance a mais para o Silo de Juliette!

O que esperar desse livro?

Legado é tudo o que poderíamos esperar para o final dessa trama! Logo no primeiro livro já poderíamos prever que essa seria uma história tensa, repleta de mistérios e surpresas, além de ter muita, mas muita desgraça mesmo! Achei impressionante que o autor tenha conseguido manter um ritmo intenso durante os três livros, sem deixar a peteca cair! E nesse terceiro livro podem ter certeza que o autor não foi bonzinho e nem teve dó do leitor!! rs…

Foi muito gostoso ler um livro distópico adulto, que mostrou que o gênero é muito mais do que aquelas histórias adolescentes que estiveram em alta nos últimos anos! Rs… Nada contra, é claro (até porque sou fã de várias dessas séries), mas é bom sair da mesmice!! Rs…

A única coisa que achei um pouco complicada é que o livro já começa em ritmo total, dando sequência imediata aos acontecimentos do final do segundo livro! Então, como eu li Ordem há quase um ano, fiquei um pouco perdida nos primeiros capítulos tentando me lembrar quem era quem… Rs!

Mas se vocês ainda não leram essa história e gostam do gênero distópico, vale a pena ler os três livros na sequência!

Sobre o autor e seus outros livros…

Hugh Howey nasceu em 1975, na Carolina do Norte. Passou anos morando em um barco e, mais tarde, na função de capitão de iate. Ele escreveu Silo enquanto trabalhava em uma livraria, dedicando ao manuscrito suas manhãs e horas de almoço ao longo de quase três anos.

A trilogia Silo é composta pelos livros: Silo, Ordem e Legado.

O autor Hugh Howey esteve no Brasil na Bienal do Livro de São Paulo, no ano de 2014, e a Intrínseca proporcionou um encontro muito bacana dos blogueiros com autor, que se disse muito impressionado com uma feira literária como a nossa e com a receptividade do público brasileiro!

25 comentários sobre “Legado, de Hugh Howey

  1. rudynalva

    Camila!
    Gosto demais de livros de fantasia e ficção e tenho a maior vontade de ler essa série, porém ainda não tive oportunidade.
    “Há mais, muito mais, para o Natal do que luz de vela e alegria; É o espírito de doce amizade que brilha todo o ano. É consideração e bondade, é a esperança renascida novamente, para paz, para entendimento, e para benevolência dos homens.” (Desconhecido)
    Boas Festas!
    cheirinhos
    Rudy

    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Raíssa.
      Esse autor é muito bom!
      Logo em seu primeiro livro ele já criou algo muito interessante!
      Vale a pena conhecer o trabalho dele e espero que em breve ele escreva algo novo!
      Beijos

  2. Daniele Vieira

    Olá
    Tenho muita vontade de conhecer essa série, quando li resenhas do Silo fiquei bem empolgada, mas acabei sendo engolida por vários outros livros e acabei adiando, mas acho que até foi melhor, agora posso ler todos de uma vez só.

    o//

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Dani.
      Sem bem como é…
      Infelizmente a gente não tem como ler todos os livros que se interessa, né?!
      beijos

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Joyce.
      Essa trilogia é tão surpreendente que não tem como contar muita coisa que acontece sem acabar dando um spoiler!
      Mas é uma ótima história!
      Beijos

  3. Leticia Ramos de Mello Oliveira

    Olá, Camila!

    A trilogia Silo é bem mais adulta e política que as que envolvem também o gênero YA. Aqui a reflexão é em como poucos podem ter o poder de influenciar e manipular o destino de tantos, só por e para ter poder em mãos. E essas camadas de surpresa e “viagens no tempo” da trama reforçam ainda mais isso.
    Nem todo mundo vai ter capacidade para lidar com uma distópia mais séria como Silo, mas quem prefere mais o estilo de 1984 do que o de Jogos Vorazes, vai gostar e refletir muito com essa série.

    Um abraço!

  4. Cristiane de Souza

    Oi Camila…
    Sou fã de distopias… E agora que essa série está completa, não vejo a hora de começar a lê-la… Parece ser uma série surpreendente… Espero conseguir ler os três livros na sequência, como você sugeriu e muito em breve…
    Beijinhos…

  5. Morgana Brunner

    Oii, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou muito meu interesse, por isso irei pular a dica, mas parabéns pela resenha que ficou demais, muito bem explicadinha.
    Beijinhos

  6. Ana Paula Lima Miranda

    Oiii!!

    Eu só conhecia o primeiro livro da série e tinha ficado animada para ler. Infelizmente distopias não funciona muito bem comigo… Mas mesmo assim fiquei querendo conhecer esse universo e entender esse desfeixo.

    A resenha está ótima!!!

    Beijinhos

  7. Tammy (Livreando)

    Não sabia que legado fazia parte de uma trilogia. Gosto muito de livros do gênero, apesar de não estar lendo muito ultimamente. Pela sua resenha e pelos pontos que você destacou que contém no enredo, essa leitura me agrada bastante. Espero conferir em breve.
    Bjim!
    Tammy

  8. Beta Oliveira

    Oi, Camila! Seu texto foi bem interessante e olha que me peguei imaginando algumas coisas que você pode contar sobre o desfecho da série. No momento, não é o estilo de livro que gosto de ler, mas se eu mudar de ideia, a série Silo será uma opção. Beijos!

  9. Márcia Saltão

    Oi, Camila!
    Amei a resenha, pois quero muito ler essa série. Está na minha lista a bastante tempo, mas espero que em 2017, consiga ler! E o melhor é que vou poder me deliciar com a leitura dos livros, na sequência. Também não gosto quando demora muito tempo para ser lançado um livro de séries, pois sempre me esqueço dos detalhes do livro anterior e tenho que rever o mesmo. Afinal, lemos tantos livros, que é praticamente impossível lembrar de tudo!
    Obrigada pela super dica! Beijos.

  10. Kamila Villarreal

    Olá!

    Não o conhecia, mas achei bem bacana essa premissa distópica. Não me lembro dele na bienal mas fico feliz que ele tenha vindo. Não sei se o leria, mas vou deixar anotado na minha lista porque fiquei bem interessada na obra.

  11. Catrine Vieira dos Santos

    OOI!
    Não conhecia a série, mas já querooooo! Olha, confesso que nem li a partir da parte sobre o segundo livro, pois quero para ontem o primeiro livro da série, e quanto menos saber melhor. haha
    Mesmo não lendo livro, parabéns pela resenha, pois pelo que li já fiquei louca para iniciar a série. Já até estou aqui com o skoob aberto para adicionar aos desejados! kkkk
    beijoos!

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Vi.
      Tem que ler mesmo, ainda mais porque está aí na sua estante pegando pó!! kkkk
      (Ah… tá! Como se eu tivesse alguma moral! kkkk)
      beijos

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!

%d blogueiros gostam disto: