Leitora Compulsiva

A Garota do Calendário: Junho, de Audrey Carlan #Resenha

Título: A Garota do Calendário: Junho18

Série: A Garota do Calendário #6

Autor(a): Audrey Carlan

Editora: Verus

Ano: 2016

Páginas: 160

Tradução: Andréia Barboza

Sinopse: AQUI 

Download do 1º Capítulo: AQUI

Onde Comprar o livro: Amazon, Livraria Cultura, Saraiva, Fnac, Submarino

Onde Comprar o E-Book: Amazon (Kindle), Livraria Cultura, Saraiva

***





Conforme o prometido, estou colocando em dia as minhas resenhas da série “A Garota do Calendário”! Li todos os livros no ano passado, mas – verdade seja dita -, considerando que não eram livros de parceria, fui passando outras resenhas na frente…

Vocês acham que vida de blogueira literária é fácil?! Acham que é só ficar lendo o dia todo e esperando o correio passar trazendo kits lindinhos da editoras!! kkkkkkkk Que nada!!!! O negócio é dureza!!!! kkkkkk

Mas chega de papo e vamos ao livro de Junho!

a garota do calendário audrey carlan blog leitora compulsiva

Sobre o que é “A Garota do Calendário: Junho”?

A Garota do Calendário” conta a história de Mia Saunders, uma jovem que precisa de muito dinheiro para pagar uma dívida do pai e que, para conseguir isso, aceita um trabalhar para sua tia na Exquisite Acompanhantes de Luxo! Para ganhar dinheiro ainda mais rápido, Mia tem que aceitar propostas de trabalho maiores! Sua missão será passar 24 dias com cada cliente e, apenas se ela quiser transar com eles, ela ainda receberá um pequeno bônus.

Depois de passar um mês de maio incrível curtindo o Havaí com a melhor amiga, com a irmã e com um modelo samoano arrasador, Mia Saunders viaja para Washington para conhecer o seu cliente do mês de junho: Warren Shipley.

Warren é um senhor de idade milionário que precisa que Mia finja ser sua namorada-troféu. Envolvido em projetos filantrópicos, Warren precisa amolecer os corações gelados e enrugados de políticos e homens de negócios para conseguir doações. Ele acredita que ter uma mulher como Mia ao seu lado pode facilitar as negociações. Ao menos mostra aos outros que ele faz parte do “grupo”!

Assim que Mia conhece seu novo cliente fica claro para ela que sexo com ele está fora de cogitação. O que ela não contava é que Warren tivesse um filho lindo! Aaron Shipley é o mais jovem senador da Califórnia e um belo espécime masculino… Mas ao que tudo indica, o que Aaron de tem bonito, tem também de perigoso! E esse encontro mudará a vida de Mia…

O que esperar desse livro?

Esse sexto livro da série “A Garota do Calendário” é, com certeza, um marco para essa história. Até agora Mia só tinha lidado com a melhor parte de ser uma acompanhante, mas no mês de Junho ela perceberá que nem tudo são maravilhas.

Warren Shipley, o cliente do mês, é um senhor apaixonado pelas causas sociais e não poupa esforços para conseguir financiamento para seus projetos. Até mesmo sua vida pessoal é sacrificada! Claramente ele é um amor de pessoa e Mia fica mais do que feliz em ajudá-lo.

Aliás, vamos combinar que esse sexto livro veio para reforçar a ideia de que Mia é uma espécia de salvadora da pátria para seus clientes!! Rs… Ela tem um dom especial para conhecer as pessoas e dar a elas a forcinha que elas estão precisando! Com Warren não é diferente…

O que esse livro tem de diferente dos outros é que finalmente Mia vai deparar com o lado sombrio de ser uma acompanhante. Desde os primeiros livros tudo foi retratado de uma forma muito mágica, com Mia sendo escolhida pelos melhores e mais honrados clientes. Nesse sexto livro finalmente apareceu um cara sem escrúpulos, que a vê como uma prostituta e que não está nem aí para suas boas ações!

E é exatamente por isso que esse se tornou um dos melhores livros da série para mim até agora! Finalmente a história ganhou o toque de realidade que estava faltando! Eu já estava ficando muito incomodada com esse mundo perfeitinho da Mia, com a quantidade exagerada de coisas lindas e maravilhosas que acontece na vida da Mia!…

Como eu disse na última resenha, essa não é uma daquelas séries imperdíveis, mas a curiosidade me venceu e li até o final… Se vocês ainda não começaram a ler e estão na dúvida, melhor pensarem bem!! Rs…

Sobre a autora e seus outros livros…

Audrey Carlan escreve histórias de amor criadas para proporcionar aos leitores uma experiência sexy e romântica. Além de A garota do calendário, ela é autora das séries Falling e Trinity. Seus livros já figuraram nas listas de mais vendidos de jornais como New York Times, Washington Street Journal e USA Today. Mora na Califórnia com o marido e dois filhos. Quando não está escrevendo, ela gosta de praticar ioga, tomar uma taça de vinho com as amigas e ler romances picantes. (*Fonte: Site da Record)

A série “A Garota do Calendário” é composta por 12 livros, um para cada mês do ano: Janeiro, Fevereiro, Março, Abril, Maio, Junho, Julho, Agosto, Setembro, Outubro, Novembro e Dezembro.

a garota do calendário audrey carlan blog leitora compulsiva

8 comentários sobre “A Garota do Calendário: Junho, de Audrey Carlan #Resenha

  1. Leticia Ramos de Mello Oliveira

    Olá, Camila!

    Logo ao comentar sobre a Mia ter que fingir ser uma namorada troféu, pensei “Até homens que tem caráter como o Warren notam como a mulher acaba virando uma espécie de mercadoria nas mãos dos machistas e dos que só pensam em si mesmo”. E penso que até mesmo a Mia vai pensar nisso, mesmo que ela lide com a profissão de acompanhante como a única saída que tem para salvar o pai, apesar de que, se a minha memória não falhe, já comentei que ela poderia ter denunciado o ex-namorado para a polícia e pedido para ela e o pai entrarem no programa de proteção a testemunhas. Mas se fosse desse modo, acho que a evolução pessoal da Mia nunca teria acontecido.
    O que importa é que o lado negro de ser acompanhante é finalmente tratado de verdade aqui. E a Mia vai pensar muito nisso daqui em diante.

    Um abraço!

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Lê.
      Acho que a Mia poderia ter lidado com todo o problemas de mil formas diferentes, mas qual seria a graça?! Rs…
      Mas pelo menos nesse livro a autora resolveu tirar um pouco a coisa toda de acompanhante do pedestal!!
      Eu já estava ficando incomodada com o mundinho perfeito da Mia!
      beijos

  2. rudynalva

    Camis!
    Bom ver que nesse exemplar de Junho Mia vai ter um susto e passar por momentos difíceis, quando alguém passa a vê-la realmente como uma prostituta de luxo,
    Vai mexer com o mundo dela, não vai não?
    Realmente mundo de blogueira com parceiros é bem complicado, devido as prioridades…
    “Não confunda jamais conhecimento com sabedoria. Um o ajuda a ganhar a vida; o outro a construir uma vida.” (Sandra Carey)
    cheirinhos
    Rudy

    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!

%d blogueiros gostam disto: