Leitora Compulsiva

A Casa do Lago, de Kate Morton #Resenha

a casa do lago kate morton resenha blog leitora compulsivaTítulo: A Casa do Lago

Autor(a): Kate Morton

Editora: Arqueiro

Ano: 2017

Páginas: 464

Tradução: Rachel Agavino

Sinopse: AQUI 

Download do 1º Capítulo: AQUI

Onde Comprar o livro: Amazon, Livraria Cultura, Saraiva, Fnac, Buscapé

Onde Comprar o E-Book: Amazon (Kindle), Livraria Cultura

***





No mês de junho, a Editora Arqueiro lançou o livro A Casa do Lago, da autora Kate Morton e fiquei tão encantada com a capa do livro que nem me importei em ler a sinopse… Já fui logo pedindo um exemplar pela parceria!! Quando o livro chegou, fui me informar mais sobre ele e fiquei ainda mais animada por saber que era um livro policial!! Rs…

Apesar de toda a minha empolgação, entretanto, curiosamente demorei muito para fazer essa leitura, bem mais do que o normal. Demorei tanto que precisei fazer algumas pausas e ler outros livros no caminho para não ficar muito atrasada, mas valeu a pena!!

a casa do lago kate morton resenha blog leitora compulsiva

Sobre o que é “A Casa do Lago”?

“A Casa do Lago” conta a história da família Edevane, moradora de Loeanneth, uma belíssima propriedade à beira de um lago na Cornuália. O ano é 1933 e a jovem Alice, uma das filhas de Eleonor e Anthony Edevane, acaba de concluir seu primeiro manuscrito: uma história policial que ela tem certeza que será a primeira de muitas! O que Alice não imagina é que, pouco tempo depois, sua própria família se tornará o centro de uma trama policial real: seu irmão Theo, ainda um bebê, desaparece sem deixar pistas!

Setenta anos depois, a detetive Sadie Sparrow arranja problemas no trabalho após se envolver emocionalmente com um caso. Forçada a tirar uma licença, Sadie viaja para a Cornuália para visitar o avô e acaba se deparando com uma bela mansão abandonada. Seu instinto acaba levando Sadie a buscar mais informações e ela descobre que um bebê desapareceu daquela casa e o caso nunca foi resolvido. Curiosa, Sadie Sparrow descobre que a casa hoje pertence à famosa escritora policial Alice Edevane e resolve investigar um pouco mais… E é assim que os caminhos de Alice e Sadie se cruzam.

Enquanto Sadie tenta reunir pistas para enfim descobrir o que aconteceu com Theo Edevane, ainda terá que lutar com seus próprios fantasmas do passado e com a ameça de perder o emprego!

O que esperar desse livro?

“A Casa do Lago” é um livro sensacional, muito bem escrito e ricamente detalhado. No entanto, não é livro para leitores iniciantes, porque ele exige demais do leitor. São tantos detalhes, tantos personagens e tantos saltos na cronologia, que é preciso prestar atenção dobrada na leitura!! Além disso, a trama toda é muito bem elaborada e intrincada. Quando você acha que finalmente a autora vai revelar aquela informação que você tanto espera, vem uma mudança na narrativa que pode causar certa frustração, mas que te obriga a continuar lendo para tentar descobrir o que aconteceu!!

Durante toda a leitura formulei pelo menos uma meia dúzia de teorias para o desaparecimento de Theo, mas todas as vezes acabei redondamente enganada!! As idas e vindas no tempo e as mudanças de narradores foram perfeitamente utilizadas, tornando esse livro uma aula de escrita.

“A Casa do Lago” é, para mim, a prova de que os autores podem criar textos de alto nível literário e ainda contar uma história que prenda o público do começo ao fim. Esse livro é encontro perfeito da chamada alta literatura com a literatura comercial!!

Apesar de ter amado esse livro e de ter me surpreendido com a qualidade da escrita da autora, vale o alerta de que esse não é um livro que irá agradar a todos porque o excesso de detalhes e as idas e vindas no tempo podem causar confusão e dificuldade em se acompanhar a história. Infelizmente conheço mais de uma pessoa que abandou a leitura!!

 

Sobre a autora e seus outros livros…

Kate Morton é uma autora premiada e frequenta as listas de mais vendidos em todo o mundo. Seus livros venderam mais de 10 milhões de exemplares em 42 países, sendo traduzidos para 34 idiomas diferentes. Criada nas montanhas de Queensland, na Austrália, ela é formada em arte dramática e literatura inglesa, especializada em tragédias do século XIX e romances góticos contemporâneos. Atualmente vive com o marido e os filhos em Londres.

A Casa do Lago é quinto e mais recente livro da autora. É também o primeiro livro dela publicado pela Editora Arqueiro. Os outros quatro livros da autora foram publicados pela Editora Rocco e ainda podem ser encontrados por aí: A Casa das Lembranças Perdidas, O Jardim Secreto de Eliza, As Horas Distantes e  A Guardiã dos Segredos do Amor. Infelizmente as capas desses livros não são tão lindas quanto a de A Casa do Lago”, mas com certeza já estão na minha lista de desejos!!

12 comentários sobre “A Casa do Lago, de Kate Morton #Resenha

  1. Leandra Paula

    Estava na dúvida se comprava ou não esse livro, mas depois de ler a sua resenha, decidi que quero muito ler. Você acha que esse livro é mais ou menos difícil de ler que o A Mulher do Viajante do Tempo?
    Beijinho

  2. rudynalva

    Camis!
    Nossa!
    Deve ser um daqueles livros que nos prende do começo ao fim com um enredo bem escrito, carregado de mistérios e com passagens de tempo, coisa que gosto muito em um livro porque dá uma visão dos aconteciments do passado e no presente.
    Bom final de semana!
    “Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada.” (Immanuel Kant)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

  3. Natalí

    Olá!
    Gostei muito da premissa do livro e a capa é super delicada.
    Acho que combina super bem com a história.
    Acho que a autora deve ter escrito esse livro super bem para o passado e presente não se misturarem.
    Adorei a indicação.
    Beijos

  4. Leticia Ramos de Mello Oliveira

    Olá, Camila!

    Quando você falou que esse não é um livro para todo mundo, me lembrei logo da Nanda do Viagem Literária, que não abandonou a leitura, mas não gosta muito dos saltos do tempo da historia, principalmente quando no início, já se sabe algumas coisas sobre o que acontece sobre alguns dos personagens do passado (menos do bebê, é claro!).
    Mas se já está acostumado com esse tipo de narração, não há problemas, porque esse mistério prende o leitor até o fim e te faz pensar como seria a vida dessas pessoas se o desaparecimento do Theo não tivesse acontecido.

    Um abraço!

  5. Vilminha

    Oi, Mila.
    Ainda não sei se estou pronta para um livro tão difícil assim.
    Acho que eu tenho que ler mais antes de encarar esse livro, mas a história pareceu linda demais. Estou curiosa para saber o que aconteceu com o menino.
    Beijos
    Vilma

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!

%d blogueiros gostam disto: