Leitora Compulsiva

Sob Águas Escuras, de Robert Bryndza #Resenha

sob águas escuras robert bryndza editora gutenberg detetive erika fostar blog leitora compulsiva resenhaTítulo: Sob Águas Escuras

Série: Detetive Erika Foster #03

Autor(a): Robert Bryndza

Editora: Gutenberg

Ano: 2018

Páginas: 336

Tradução: Marcelo Hauck

Sinopse: AQUI 

Download do 1º Capítulo: AQUI

Onde Comprar o livro: Amazon

Onde Comprar o E-Book: Amazon (Kindle)

***




Em abril desse ano a Editora Gutenberg lançou o livro “Sob Águas Escuras”, o terceiro livro da série Detetiva Erika Foster. No ano passado eu li o A Garota no Gelo e o Uma Sombra na Escuridão e fiquei apaixonada pela escrita do autor, então não perderia esse novo livro por nada!!!

sob águas escuras robert bryndza detetive erika foster resenha editora gutenberg blog leitora compulsiva

Sobre o que é “Sob Águas Escuras”?

“Sob Águas Escuras” é o terceiro livro da série policial da Detetive Inspetora Erika Foster e logo de cara ficamos sabendo que ela deixou Equipe de Investigação de assassinatos da delegacia de Bromley e está agora trabalhando com a Equipe de Projetos no combate ao crime organizado.

Em uma sexta-feira fria e chuvosa, Erika está liderando uma busca por dez quilos de heroína escondidos em um contêiner no fundo das águas da pedreira Hayes nos arredores de Londres. A busca é um sucesso e a droga é encontrada e apreendida. Mas o contêiner não é a única coisa que os mergulhadores tiram do fundo das águas. Um esqueleto de uma criança é encontrado e tudo indica que ele estava no fundo da pedreira há muito tempo.

Rapidamente os restos mortais são identificados como sendo de Jessica Collins, uma garotinha desaparecida há 26 anos! Erika fica tão mexida pelo caso que dá um jeito de voltar para a equipe de homicídios e ser nomeada como investigadora principal! Ela tem certeza que pode encontrar o responsável por esse crime…

– Preciso de alguém com pulso firme para conduzir a reabertura dessa investigação. Por que você acha que é a pessoa certa para o caso?
– Não sou uma policial de carreira. Me dedico totalmente aos meus casos. Uma garota vulnerável de 7 anos desapareceu e alguém a jogou como um saco de lixo naquela pedreira. Quero encontrar quem fez isso. Quero justiça para Jessica. Quero que a família dela possa seguir em frente e vivenciar o luto.

Reunida com seus fiéis escudeiros, a Detetive Inspetora Moss e o Detetive Inspetor Peterson, Erika reabre a investigação sobre o desaparecimento de Jessica e conta com a ajuda de todos da equipe para finalmente encontrar o culpado! A família Collins passou 26 anos sem uma resposta e Erika pretende dar isso a eles a todo o custo!! O caso ganha grande destaque na mídia mais uma vez e todos se perguntam se a polícia conseguirá desvendar esse crime depois de tanto tempo!

O que esperar desse livro?

Assim como aconteceu no segundo, esse terceiro livro da série da Detetive Erika Foster traz um caso totalmente novo, que não guarda nenhuma relação com os crimes investigados nos livros anteriores e por isso pode até ser lido de forma independente!

Mais uma vez Robert Bryndza presentou seus leitores com uma história muito bem elaborada e surpreendeu ao trazer uma estrutura bem diferente daquelas outras usadas nos dois primeiros livros. Dessa vez, nossa problemática detetive não precisa se preocupar com um serial killer à solta. Ela terá que desvendar apenas um crime, mas um crime cometido há 26 anos e que deixou bem poucas pistas a serem seguidas!

Além de todas as dificuldades do caso, Erika ainda tem que lidar com a mídia, com a família, com a política do departamento, com policiais corruptos e com um suspeito que foi inocentado na época. E como o autor nunca pega leve com a coitada, nesse livro ela também precisa lidar com a presença de sua irmã e de seus sobrinhos, que viram sua casa do avesso!! Rs…

Sob Águas Escuras traz uma trama policial dinâmica, muito bem elaborada e com personagens intensos. A história é repleta de reviravoltas e o final me pegou completamente de surpresa!! Erika Foster é uma protagonista um tanto quanto perturbada, com um passado trágico e com um presente conturbado. Ela não tem muitas habilidades sociais, não tem nada de mocinha ou heroína, mas tem ótimos instintos e persiste naquilo que ela acredita, mesmo sabendo que isso poderá ser sua ruína!

Com essa série incrível, Robert Bryndza já conquistou um lugar especial na minha estante e no meu coração!! Só queria que ele não fosse tão malvado com a Erika!!! kkkk

Sobre o autor e seus outros livros…

Robert Bryndza nasceu no Reino Unido e já morou nos Estados Unidos e no Canadá. Seu romance de estreia, The Not So Secret Emails of Coco Pinchard (2012), deu origem à famosa série de comédia romântica de Coco Pinchard. Atualmente mora na Eslováquia com seu marido Ján Bryndza, com quem escreveu o romance satírico Lost in Crazytown (2013).

Em 2016, escreveu A garota no gelo, primeiro volume da série de ficção policial da Detetive Erika Foster, best-seller nº 1 do Wall Street Journal e do US Today. O segundo livro da série, Uma Sombra na Escuridão, foi também best-seller nº 1 no Wall Street Journal. Juntos, os dois livros já venderam mais de um milhão de cópias e foram traduzidos para 19 idiomas.

Sob Águas Escuras é o terceiro livro da série, que está sendo publicada aqui no Brasil pela Editora Gutenberg. Lá fora a série já tem seis livros e os próximos se chamam Last Breath, Cold Blood e Deadly Secrets!  Agora é ficar na torcida para que a editora também traga esses próximos livros para o Brasil!!

*** A série da detetive Erika Foster é uma série policial clássica e cada livro tem um caso independente, investigado por ela do começo ao final. Claro que, ao longo dos livros, há uma evolução na vida pessoal da detetive, mas quem optar por ler os livros fora de ordem não vai ficar perdido!! Rs…

31 comentários sobre “Sob Águas Escuras, de Robert Bryndza #Resenha

  1. Ana Luz

    Olá, tudo bem?

    Faz algum tempo que estou querendo ler algo do autor, mas ainda não rolou. Gostei de saber que posso ler o livros de forma independente. Sua resenha mer deixou doida pelo livro.

    Beijo!

  2. RUDYNALVA CORREIA SOARES

    Camis!
    Infelizmente não li ainda nenhum dos livros da série, nem do autor.
    Mas gostei muito de todas suas observações sobre o mistério na resolução do caso que ninguém consegue desvendar, isso faz com que o leitor, sinta-se preso e conectado com a leitura.
    Maravilhoso final de semana!
    “Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente. A maioria das pessoas nunca ouve. “(Ernest Hemingway)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA MAIO BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

  3. Cabine de Leitura

    Adoro narrativas policiais e tenho visto muitos elogios quanto essa detetive Erika Foster e saber que apesar de série os livros podem ser lidos de forma independente já me anima.
    Gosto de suspenses bem elaborados, ainda mais quando o autor consegue inovar dentro do gênero e saber que a série conquistou um lugar especial na sua estante me deixa ainda mais ansiosa pela leitura.

  4. Maisanara F.

    Já havia visto o livro, mas nem imaginava que faz parte de uma série! Como adoro livros policias, fiquei com vontade de ler e conhecer a Detetive Erika! Gostei do autor ter mostrado os lados da vida da Erika, o profissional e pessoal! Além disso, ele criou uma personagem que tem defeitos, assim como todos nós, meros mortais, o que faz com que nos identifiquemos! E, apesar de cada livro apresentar um caso diferente, quero começar com o primeiro e seguir na ordem!

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Maisanara.
      Eu sempre gosto de ler os livros na ordem, mas no caso dessa série, não é tão necessário assim!!
      Mesmo assim, se ficou com vontade de conhecer a série, se joga na leitura dos três livros e acredito que não vá se arrepender!
      Beijos

  5. Dayhara Ribeiro Martins

    Bacana saber que dá pra ser lido separadamente, sinal que cada livro encerra-se com o mistério solucionado, nada de esperar por continuações, só um novo caso, certo? É um viés bastante interessante, a detetive me parece ser super intensa, assim que tiver a oportunidade, pretendo ler.

  6. Leticia Ramos de Mello Oliveira

    Olá, Camila!

    Esse livro tem muitos elementos de séries inglesas de investigação, como Broadchuch, Prime Suspect, entre outras, onde os personagens são confrontados com todos os problemas e situações que as investigações os colocam. Erika tem um quê dos problemas e da falta de sociabilidade da Eve Dallas, mas é uma pessoa do presente, que poderia muito bem ser uma investigadora de verdade em Londres. Além do mais, o caso mexe com o passado de muitas pessoas, e o criminoso quer sair impune de qualquer forma, custe o que custar.

    Um abraço!

  7. Luna

    Eu sou a louca dos suspenses! Geralmente amo os que leio! E embora tenha ficado muito interessada nos outros livros do autor esse não despertou muito meu interesse. Nem sei dizer o motivo. Simplesmente não senti aquela ânsia que geralmente sinto quando leio resenhas de suspenses. E tenho a leve suspeita que talvez seja porque não gosto de ver crianças como vítimas nas histórias. Fujo de histórias em que são crianças as personagens assassinadas ou maltratadas de alguma forma. Isso é muito para mim.

  8. Camila de Moraes

    Olá!
    Apesar das histórias não terem alguma relação com as anteriores, sou do tipo que gosta de ler na ordem.
    Sou fã de suspenses e essa pegada de investigação com um enredo bem escrito me deixa bem animada para conhecer mais dessa detetive.
    Beijos!

  9. Maria Luíza Lelis

    Oi, tudo bem?
    Eu não sou muito de ler thrillers, então, nunca li nada deste autor. Porém, já tinha ouvido falar dessa série e tenho começado a ficar curiosa para ler. Aliás, aos pouquinhos, quero começar a ler mais livros deste gênero.
    Adorei saber saber que a trama deste livro foi bem desenvolvida e é bastante dinâmica. Fiquei com a impressão de que é uma daquelas leituras que a gente não para até terminar.
    Gostei bastante da sua resenha e você conseguiu me deixar curiosa para começar esta série. Vou anotar a dica não só deste livro, mas dos anteriores também.
    Beijos!

  10. BelGoes

    Olá, tudo bem?

    Suspense? Mistério? Tô dentro hahahha. Lendo sua resenha me pareceu um pouco de Cold Case – seriado – (afinal um cadáver de 26 anos é muito Cold Case) com os livros da Tess Gerritsen mais uma pitada de Karin Slaughter. Já estou aqui vendo onde e quando poderei encaixar essa leitura no meu tempo hahahha

  11. Tamara Padilha

    Oi. é a primeira vez que vejo feedback dessa história, e fico feliz de ter sido uma leitura positiva. Adoro ser surpreendida e adoro quando os autores trazem uma história dinâmica, além de que crimes do passado são sempre intrigantes.

  12. Ivi Campos

    Vi a capa deste livro pela blogosfera literária mas não sabia que se tratava de uma série. Fiquei curiosa com este enredo e com os dos outros volumes também. Quero ler.
    Beijos

  13. Tamires Marins

    O que mais chama minha atenção nessa série é o fato de termos uma detetive mulher. É um diferencial super bacana para o gênero. Eu tenho o segundo livro, mas não li ainda porque gosto de ler na ordem, mesmo que as histórias não tenham conexão. E o que mais chama minha atenção nessa história é o caso da garotinha, quero saber o que aconteceu com ela há tantos anos.

    Beijos

  14. Mairton Salvatore

    Olá,
    Sempre fui louco por esta série. E após ler esta sua resenha a curiosidade aumentou ainda mais. Espero ter uma oportunidade logo de conferir estes três primeiros, pois pelo que você contou o terceiro livro conseguiu desenvolver os personagens e o enredo.

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!

%d blogueiros gostam disto: