Leitora Compulsiva

Rosenberg, Van Lente, Foley, Calero e Lima – Cowboys & Aliens

Oi. Desculpem o sumiço, mas, como diz o ditado, “antes tarde do que nunca”…. rsrs

Realmente as coisas andaram bem complicadas, mas quando a Camila e eu vimos o trailer do filme Cowboys & Aliens, e eu soube que a Record, por meio do selo Galera, havia lançado o quadrinho que deu origem ao filme, não resisti: falei que essa resenha era minha! Então, aí vai mais uma resenha da Série “Quadrinhos que viraram filmes”!!!

A HQ é uma criação de Soctt Mitchell Rosenberg, lançada nos Estados Unidos em 2006, com roteiro de Fred Van Lente e Andrew Foley; arte (desenhos e arte-final) dos brasileiros Luciano Lima, Luciano Kars, J. Wilson E Silivo Spotti; e cores de Andy Elder. Há, ainda, um prólogo com texto de Andrew Foley e desenhos e cores de Dennis Caleros.

Aqui no Brasil a HQ foi lançada pela Galera Record em julho deste ano, em uma edição encadernada e impressa em papel couché, contendo a história completa, em mais de 100 páginas, além da biografia dos profissionais que a produziram.

A história se passa no ano de 1873, no Estado do Arizona – Estados Unidos, e tem como pano de fundo a “Marcha para o Oeste” norte-americana, o processo de expansão territorial dos Estados Unidos rumo ao Oceano Pacífico, em que o “homem branco” literalmente arrasava com tudo e todos que surgissem em seu caminho!

Bom, nesse contexto Zeke e Verity, dois mercenários contratados para escoltar um grupo de colonos a caminho de Silver City, são cercados por um grupo de índios apaches quando, de repente, um estrondo é ouvido e uma nave espacial cai no meio do deserto…

Então, enquanto brancos e índios disputavam terras, alienígenas desembarcam com um intuito bem definido: escravizar a raça humana e anexar a Terra ao Império de DAR – dinastia alienígena que busca expandir seus domínios através da conquista de outros planetas!!!

A partir daí a trama se desenrola, tendo como traço marcante a ironia de troca de papéis entre conquistadores e conquistados! A idéia da história é muito interessante, porém os desenhos não são os melhores que já vi e, acredito eu, a história acaba sendo previsível, especialmente por recorrer a chavões durante o seu desenrolar. Além disso tudo, também é meio “atropelada”: poderiam ter sido explorados mais aspectos; ela é “rapidinha” demais… rsrsr. Quem sabe o romance (a ser lançado em breve) não “resolva” essa situação?

Mas, de qualquer maneira, vale a pena conhecer! Ah, e como não poderia deixar de ser – fiquem felizes meninas –, tem historinha de amor, é lógico!!! rsrsrs

Bom, acho que é isso. Mesmo com vontade de escrever mais, não posso fazê-lo, sob pena de incorrer em inúmeros spoilers – e “apanhar” da minha “chefe” Camila!!! rsrsrs

Ah, só uma última coisa: apesar de o filme se basear no quadrinho, as vendo o trailer e lendo alguns comentários, percebe-se que as histórias são bem diferentes…

Denis

43 comentários sobre “Rosenberg, Van Lente, Foley, Calero e Lima – Cowboys & Aliens

  1. Camila Mosqueira

    Oi, Denis! É sempre bom ler suas resenhas! Mas essa história pelo jeito não vale a pena pq vc não parece nada empolgado com ela hehe. Senti falta da já famosa “aula de história” relacionada ao quadrinho. Sem ela parece que fica faltando uma parte importante da resenha =)
    Bjos!

    1. Denis

      Oi Mila, tudo bem?
      Realmente não me empolguei muito com a HQ…
      Primeiro, não sou muito fã de “faroeste”. Depois, a história é muito “rápida”. A situação nela tratada poderia ser mais explorada.
      Mas tudo bem. Valeu!
      Bjs
      P.S.: garanto que a próxima resenha será mais empolgante, mesmo que não tenha “aula de história”.

      1. Camila

        Olha só, Mila…
        Então quer dizer que você gosta é das aulas de história?
        Eu li essa HQ também e fiquei muito perdida!
        Para quem está acostumado a ler romances, cheios de detalhes, é bem estranho! rs…
        Beijos

  2. Vivianne Fair

    nossa, concordei totalmente – rápida demais! rrsrs..parece que é uma prévia do romance! To louca pra ver o filme, e acho que não tem mesmo nada a ver com o livro…vamos esperar, né? hueuehuee, que bom ver mais um fã de quadrinhos! XD

    1. Denis

      Oi Vivi.
      Muito rapidinha… Até demais!!!
      Acredito que o romance será mais “demorado” e, portanto, mais do “nosso gosto”. rsrsrs
      O filme também parece ser muito bom! Estréia dia 9 de setembro, se não me engano…
      Beijos

  3. william

    Oi Dênis, faz tempo que você não passa aqui cara!
    E aí tudo bem?
    Adorei essa resenha, eu também vi o trailer do filme no cinema e achei que a estória parece ser legal, então vale a pena ler o H.Q, o livro e ver o filme! hehehe
    Assim que eu tiver a chance, com certeza lerei!
    Abração
    Will
    Vício de Cultura

    1. Denis

      Oi Will. Tudo bem!
      E por aí, como vão as coisas?
      O livro e o filme são bem diferentes pelo que pesquisei. Parece que o filme só “tomou por base” a origem da história, mas não é isso que o fará um filme ruim, não concorda? Além disso, o elenco é ótimo!
      Até a próxima!
      Abraços

  4. Gabi

    Eu vou ter que ser daquelas bem chatas e dizer que não curto muito quadrinhos, nem o tema que a história aborda. Vi o trailer no cinema e achei bem “bobinho”, não é meu tipo de leitura.

    Gabi – Livros e Vagalumes

    1. Denis

      Gabi, não é uma questão de chatice, mas de gosto.
      Gosto do tema. Não gostei muito da forma como foi tratado.
      De qualquer forma, valeu o comentário.

  5. Cacá

    Oi Denis,
    Não sei o interior, mas essa capa me dá uma má impressão porque me lembra o Freddy Krueger (mas eu sei que não tem nenhuma relação, rs)
    Fiquei curiosa pelo filme e pelo quadrinho, apesar de não ser bem “minha área”. O contexto histórico é interessante, colocar aliens no meio disso tudo é bizarro, e poxa, tem histórinha de amor! Como não ficar curiosa? hahaha
    Bjos

    1. Denis

      Oi Cacá.
      Olhando bem, não é que lembra o Freddy mesmo??? Muito anos 80!!!rsrsrs
      Na verdade, essa é a capa do filme que foi utilizada no quadrinho. O ator na capa é Daniel Craig, que, pelo que “intuo” (rs), deve fazer o personagem Zeke!
      Também não é muito minha área (não sou muito chegado em “faroeste”), mas a ideia é interessante!
      Sabia que a “historinha de amor” iria agradar o público feminino… rs
      Então, só para aguçar as coisas, vou revelar um segredo: na falta de uma, SÃO DUAS HISTÓRIAS DE AMOR!!! Imagine só… rsrsrs
      Beijos

      1. Camila

        Oi Cacá…
        Eu tinha achado a capa legal, até você falar que parece o Freddy Kruger!! Agora não consigo parar de pensar nisso quando olho pro livro!! Vou deixar com o Denis… Senão vou ficar com medo!! rs…
        Beijos

        1. Cacá

          Desculpa por estragar a capa pra você, Camis, mas desde a primeira vez que eu vi só pensava que a silhueta parecia muito a do Freddy e me remeteu a alguns medos de infância… rs
          Mas não precisa ficar olhando para a capa o tempo todo, né? ;D
          Beijos

      2. Cacá

        Putz, esse meu comentário meio que entrega minha idade, né o_O
        hahahaha
        Enfim, vou esperar o filme, e depois encarar o livro, provavelmente a versão romance, porque eu gosto de detalhes, rs
        Beijos

        1. Denis

          Oi Cacá.
          Não necessariamente entrega a nossa idade, pois há sempre a desculpa “Como eu sei? Ué, pesquisei na internet”!!! rsrsrs
          Beijos

  6. Mundo da Leitura

    Oi Camila e Dênis!!!
    Fazia um tempo que não rolavam resenhas de quadrinhos por aqui. Apesar de não ser meu estilo favorito de literatura, é sempre bom dar uma variada 😉 Bem, eu acho o estilo da trama super diferente, mas acho que vou esperar e ler o romance que a Galera irá lançar! Senti falta das suas inúmeras descrições históricas Dênis (eu nunca me presto a pesquisar tanto antes de escrever uma resenha, hehehe, que coisa feia), então acho que este HQ não chega nem perto de Sandman!!!

    Beijos
    Adriana – Mundo da Leitura

    1. Denis

      Adriana, não há dúvida que essa HQ não chega nem aos pés de Sandman (e eu sou suspeito para dizer isso – rsrsrs).
      Mas, de qualquer maneira, valeu a pena ler!
      Pensei muito em inserir as descrições históricas sobre a “Marcha para o Oeste” e a doutrina norte-americana do “Destino Manifesto”, mas como isso é pouco explorado, figurando somente como pano de fundo da história, acabei desistindo da ideia…
      Beijos

      1. Camila

        Eu sou suspeita é para falar das resenhas do Denis!
        Fico admirada com o trabalho de pesquisa que ele faz… Morro de preguiça de correr atrás de muita informação!! rs…
        Beijos

  7. Marcelle Dantas

    Olá Denis!!!

    Tem que ter histórinha de amor! rsrsrs
    Este estilo de HQ não é pra mim, acho que se encaixa melhor em filmes. Mas a estória é no mínimo bem interessante, colocando índios no meio disso tudo! rs

    Ótima resenha!

    Bjo pra vc e pra Camila!

    1. Denis

      Marcelle, tenho eu que as “historinhas de amor” são colocadas nos quadrinhos, livres e filmes para conquistar o público feminino!!! rsrsrs
      Na verdade os índios já estavam lá. Quem surgiu no meio disso tudo foram os conquistadores brancos e os alienígenas… uma mistura bem peculiar!!! rsrsrs
      Que bom que gostou da resenha!
      Beijos

      1. Camila

        Bom, é verdade que essa HQ tem história de amor, mas acontece tudo tão rápido que não me convenceu muito não!! rs…
        Sou mais tradicional… Acho que eles nem tiveram tempo de verdade para se apaixonar! rs…
        beijos

        1. Marcelle Dantas

          Concordo camila… coisas muito rápidas não passam senso de realidade, apesar de ser uma estória… E Denis, com certeza os romances estão lá para nós… adoramos! rsrs

          Beijos pra vcs!!!

          1. Camila

            Oi Marcelle,
            Ainda que seja uma história, acho que as coisas precisam fazer o mínimo de sentido!
            O problema que eu vi nessa HQ é que tido acontece em uns 3 dias… Nesse tempo não dá nem para acreditar que um casal se apaixone, quanto mais que dá para expulsar alienígenas!! hehehe
            Beijos

          2. Denis

            Marcelle, considerando que as mulheres dominam o Mundo, não há como não agradar vocês, não é mesmo??? rsrsrs
            Beijos

  8. Fernanda

    Ei Dênis,
    Ei Mila,

    Este ainda não está na minha lista, eu achei bem legal a resenha, mas tem tantos da Editora na fila que tenho que abrir mão de alguns rsrs. Vou ver o filme antes, depois se eu gostar eu compro 😛

    bj
    Nanda

    1. Denis

      Olá Nanda.
      Fico feliz que tenha gostado da resenha!
      O filme estréia, salvo engano, em 9 de setembro. Mesmo assim, a HQ só serviu de base para o filme, e, portanto, as histórias parecem ser bem diferentes…
      Ah, quanto à fila, não use isso de desculpa (rsrsrs), pois a HQ é curtinha, sendo possível lê-la rapidinho!
      Beijos

  9. Pedro

    Fala aêee grande Denis.
    Tava sumido, véio! Achei que tinha abandonado a causa dos fãs de quadrinhos. Mas eu entendo. É que nem comigo e minha gatinha, ela fala e fala… Eu nunca tenho chance. Acho que a Camila escreve tanta resenha que não sobra quase espaço para você! Mas não reclama, porque as mulheres são que nem esses conquistadores aí desse quadrinho. Elas vão chegando, tomando espaço, dando ordens… E ai do cara que não baixar a cabeça e falar é claro amor.
    Mas falando sério, não rolou vontade de ler esse hq não! Tipow… Depois do Sandman, véio, é phoda achar outra história tão loka! Vou ver se o filme é da hora primiero.
    Agora fui… Abraço.

    1. Camila

      Então quer dizer que a culpa é minha??? Como assim???
      O problema é que eu escrevo demais??
      Sei sei!!!
      Além disso, deixa só sua namorada ler esse comentário para você ver!! rs…
      Beijos

      1. Denis

        E aí Pedrão, beleza?
        Hahaha… Muito bom! Impagável! Só você mesmo pra me defender!!! rsrsrs
        Como você mesmo disse, é jovem mas já sabe das coisas: a última palavra é sempre nossa, dos homens: “Sim, meu amor”, “Lógico, querida”, “Pois não, razão do meu existir”!!! rsrsrs
        Putz, depois dessa acho que vou apanhar muito!!! rsrsrs
        Quanto ao quadrinho, realmente não há como “competir” com Sandman! Acho que o filme vai ser bom, principalmente por causa dos efeitos especiais!
        E aí, conseguiu o Volume 2 da Edição Definitiva do Sandman???
        Valeu pelo comentário!
        Abraços

      1. Denis

        Oi Bel.
        Não se acanhe, pois neste caso “querer é poder”! rsrsrs
        Eu concordo com você e a Camila: o ideal é ler antes de ver o filme!
        Beijos

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!

%d blogueiros gostam disto: