Leitora Compulsiva

Nada Escapa a Lady Whistledown, de Julia Quinn, Suzanne Enoch, Karen Hawkins e Mia Ryan #Resenha

nada escapa a lady whistledown editora arqueiro resenha blog leitora compulsiva julia quinn suzanne enoch karen hawkins mia ryanTítulo: Nada Escapa a Lady Whistledown

Série: Lady Whistledown #01

Autor(a): Julia Quinn, Suzanne Enoch, Karen Hawkins e Mia Ryan

Editora: Arqueiro

Ano: 2018

Páginas: 320

Tradução: Ana Beatriz Rodrigues

Sinopse: AQUI

Download do 1º Capítulo: AQUI

Download do Marcador de Página: AQUI

Onde Comprar o livro: Amazon

Onde Comprar o E-Book: Amazon (Kindle)

***




Depois de me apaixonar por Lady Whistledown Contra-Ataca, publicado no finalzinho do ano passado pela Editora Arqueiro, não perderia por nada a mais nova coletânea de história das autoras Julia Quinn, Suzanne Enoch, Mia Ryan e Karen Hawkins chamada Nada Escapa a Lady Whistledown, lançada no último mês de abril.

Pedi um exemplar pela parceria e, assim que chegou, já me joguei na leitura!!

nada escapa a lady whistledown resenha editora arqueiro julia quinn suzanne enoch karen hawkins mia ryan blog leitora compulsiva

Sobre o que é “Nada Escapa a Lady Whistledown”?

“Nada Escapa a Lady Whistledown” é uma coletânea de histórias escritas por Suzanne Enoch, Karen Hawkins, Mia Ryan e Julia Quinn. Em cada uma das histórias temos dois personagens que, entre tardes de patinação no rio Tâmisa, peças de teatro e os preparativos para o baile de São Valentim, acabam flechados pelo cupido!!

Na primeira das histórias, chamada Um Amor Verdadeiro“, de Suzanne Enoch, nos apresenta Lady Anne Bishop, uma bela e encantadora jovem que acaba de retornar a Londres para a inusitada temporada de inverno. Lady Anne é apaixonada pela vida na grande cidade, por todos os eventos sociais, pelas melhores lojas, pela proximidade de seus amigos e por toda a liberdade da qual ela desfruta! Mas tudo isso está prestes acabar… Algumas indiscrições de Lady Anne foram parar na coluna de Lady Whistledown. A cronista acabou dando a entender que já estava na hora de Maximilian Trent, o marquês de Halfurst, aparecer para reivindicar a mulher que lhe fora prometida em casamento!! A indireta acaba surtindo efeito. Max aparece em Londres com planos de se casar imediatamente e levar Anne para Yorkshire. Infelizmente, para ele, Anne Bishop é rebelde demais para aceitar tudo isso calada!! Rs…

Dois Corações“, de Karen Hawkins, conta a história da Srta. Elizabeth Pritchard, uma jovem excêntrica que já enfrentou muita dificuldade na vida até se tornar uma mulher independente e muito rica! Ao longo dos anos, Liza desenvolveu uma profunda amizade com lady Margaret Shelbourne e seu irmão, sir Royce Pemberle. Os dois tem feito às vezes da família de Liza e estão sempre evitando que interesseiros se aproximem dela. Liza nunca sentiu falta de nada na vida, mas nos últimos tempos vem pensando na ideia de se casar e o escolhido é lorde Dunham. Não que ela seja apaixonada por ele, mas ele parece ser um homem bom… Quem não fica nada feliz com isso é Royce, que acredita que Dunham não passa de mais um interesseiro! Mas talvez a preocupação de Royce seja algo mais…

Em “Uma Dúzia de Beijos“, de Mia Ryan, conhecemos lady Caroline Starling que não está nem um pouco feliz com a ideia de se casar com o conde de Pellering. Casar-se com um conde seria um ótimo negócio e um alívio para sua situação, mas Caroline sonha mesmo em um casamento por amor. Ela só não poderia imaginar que seu coração fosse bater mais forte justamente por Terrence Greyson, o homem que herdou o marquesado do pai de Caroline e despejou a moça e sua mãe da propriedade da família num piscar de olhos! O marquês de Darington está de volta a Londres depois de meses se recuperando de um ferimento de guerra que lhe deixou sequelas… Ele sabe que já está na hora de se casar… Quem sabe os ventos dessa estranha temporada de inverno não soprem a seu favor?!

E “Trinta e Seis Cartões de Amor“, de Julia Quinn fecha esse delicioso livro com a história de Susannah Ballister, uma jovem que volta a Londres pela primeira vez depois da humilhação sofrida na última temporada. Clive Mann-Formsby, irmão do sempre enigmático conde de Renminster, passou toda a temporada cortejando Susannah, mas ao final, pediu outra moça em casamento. A rejeição fez tão mal à imagem da moça que agora ela parece ter sido relegada ao ostracismo. Quem não se conforma nada com os acontecimentos é David Mann-Formsby, o conde de Renminster. David sempre admirou Susannah e até a considerava boa demais para seu irmão. Agora está disposto a ajudar a jovem a recuperar algo prestígio! Nada melhor para a reputação de uma jovem do que a atenção de um conde…

O que esperar desse livro?

“Nada Escapa a Lady Whistledown” surpreende, assim como o seu antecessor, pela ótima afinidade entre as histórias, pela deliciosa escrita das autoras, pelos personagens cativantes e pelas tramas de puro romance.

Muito embora sejam histórias independentes e não tenham um fio condutor comum, como aconteceu em “Lady Whistledown Contra-Ataca”, as quatro histórias se entrelaçam em alguns momentos e funcionam muito bem juntas. Os quatro casais estão em Londres na mesma época e frequentam o mesmo círculo social. Dessa forma, é inevitável que os personagens de uma história acabem encontrando os personagens das outras histórias! E tudo isso deixa a leitura ainda mais gostosa!

Mais uma vez me impressionou a capacidade das autoras de criar histórias tão completas com menos de 100 páginas cada. Claro que com isso, o romance entre os casais pode ser um tiquinho rápido demais para ser crível, mas o que vale é a diversão!! Rs… Outra coisa que novamente me surpreendeu foi o fato das histórias se passarem no mesmo ambiente, na mesma época, com personagens de níveis sociais bem semelhantes, mas mesmo assim cada história ser tão diferente uma da outra!! #originalidadeétudo

Quem é fã de romance de época não pode perder esse livro! Ele é delicioso, rápido de ler e super “amorzinho”!! Vale a pena!!

Sobre as autoras e seus outros livros…

Julia Quinn começou a trabalhar em seu primeiro romance um mês depois de terminar a faculdade e nunca mais parou de escrever. Seus livros já atingiram a marca de 8 milhões de exemplares vendidos, sendo 3,5 milhões da série Os Bridgertons. É formada pelas universidades Harvard e Radcliffe. Seus livros já entraram na lista de mais vendidos do The New York Times e foram traduzidos para 26 idiomas. Foi a autora mais jovem a entrar para o Romance Writers of America’s Hall of Fame, a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, e atualmente mora com a família no Noroeste Pacífico.

As outras séries da autora já publicadas pela Editora Arqueiro são Os Brigertons, Quarteto Smythe-Smith, Agentes da Coroa e Irmãs Lyndon. A série Os Bridgertons é composta pelos livros: O Duque e Eu, O Visconde Que Me Amava, O Perfeito Cavalheiro, Os Segredos de Colin Bridgerton, Para Sir Phillip, Com Amor, O Conde Enfeitiçado, Um Beijo Inesquecível, A Caminho do Altar, E Viveram Felizes Para Sempre. A série Quarteto Smythe-Smith é composta pelos livros: Simplesmente o Paraíso, A Soma de Todos os Beijos, Uma Noite como Esta e Os Mistérios de Sir Richard. A série Agentes da Coroa é composta pelos livros: Como Agarrar uma Herdeira e Como Se Casar com um Marquês. A série Irmãs Lyndon é composta pelos livros Mais Lindo que a Lua e Mais Forte Que o Sol.

Mia Ryan adora escrever para escapar do mundo ao redor, o que consegue fazer quando não está servindo de motorista para crianças, tirando chiclete de cintos de segurança, colocando roupa para lavar ou vivendo situações insanas.

Suzanne Enoch nasceu no Sul da Califórnia, onde vive até hoje. Adora criar romances de época tanto quanto ama colecionar itens referentes a Star Wars. Quando não está ocupada escrevendo, gosta de estudar fenômenos interessantes, como o intrigante caso dos três peixinhos de seu aquário que se transformaram em 161 num intervalo de cinco meses. Diversos romances da autora já foram publicados aqui no Brasil no formato “banca”. Pela Gutenberg foi lançado o livro Herói nas Highlands, o primeiro da série Highlands! Pela Harper Collins temos o livro Como Se Vingar de um Cretino, o primeiro de Lessons in Love.

Karen Hawkins foi criada no Tennessee, em meio a uma família enorme. Para fugir do caos, ela se escondia na cama, debaixo do cobertor, com uma lanterna e um livro, hábito que cultiva até hoje. Alguns livros da autora também foram lançados aqui no Brasil no formato “banca”.

Nada Escapa à Lady Whistledown é, originalmente, a primeira coletânea de contos das autoras Julia Quinn, Mia Ryan, Karen Hawkins e Suzanne Enoch, que tem por base as crônicas da divertida Lady Whistledown – e por isso eu a indiquei como livro #01 da coleção. No entanto, como aqui no Brasil a segunda coletânea chamada Lady Whistledown Contra-Ataca foi publicada primeiro pela Editora Arqueiro, então pode ser que vocês encontrem outra numeração para cada livro! Rs… Mas não se preocupem! Não importa em qual ordem vocês leiam os livros porque eles são completamente independentes.

14 comentários sobre “Nada Escapa a Lady Whistledown, de Julia Quinn, Suzanne Enoch, Karen Hawkins e Mia Ryan #Resenha

  1. Renata Souza

    Olá
    Olha só de ter a Julia Quinn ai eu já leio. Sou tiete e leio qualquer coisa que ele escrever, juro. Espero conseguir adquirir um exemplar logo, amo as histórias dela e essa parece bem interessante, apesar de eu não conhecer as outras autoras.

  2. Greice Negrini

    Aiiii, eu queria tanto pedir este livro e quando fui pedir não dava mais. Fiquei meio ressabiada pelo primeiro pois li que algumas pessoas não tinham curtido mas agora eu queria. Vou dar um jeito de pegar os dois de uma vez em uma boa promoção.

  3. Leticia Ramos de Mello Oliveira

    Olá, Camila!

    Quando li na resenha “patinação no Tâmisa” meu cérebro logo falou “Sim, o rio Tâmisa congelado assim como naquele episódio de Doctor Who em que ele e a Bill vão exatamente para essa época visitando uma feira invernal que ocorria no rio!”. Graças a esse episódio, descobri que esse tipo de situação realmente acontecia em Londres nos séculos passados, onde quando acontecia uma temporada de frio excepcional, o rio congelava e se aproveitava o rio para feiras, eventos e patinação. Então para quem não é Whovian e ficou espantado com isso (o que não é seu caso, Camila), agora já não vai estranhar tanto o cenário dessa coletânea.
    De novo, Julia, Suzanne, Mia e Karen surpreendem com esses contos e a localização feita para eles, já que nunca vi uma temporada da sociedade em pleno Tâmisa congelado (pois em Doctor Who, o que ocorre no Tâmisa é uma feira que mistura compras com circo, sem nenhum tipo de baile da sociedade por lá). E com histórias diferentes e que já me instigam já no momento em que leio essa resenha.

    Um abraço!

  4. RUDYNALVA CORREIA SOARES

    Camis!
    É verdade!
    Não tem como não gostar dos livros da Julia.
    Bom ver que ela trouxe uma personagem de outro livro e contou histórias que ela estava envolvida.
    Claro que quero poder ler.
    “Eu gosto de escutar. Eu aprendi muito escutando cuidadosamente. A maioria das pessoas nunca escuta. “(Ernest Hemingway)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA MAIO BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

  5. Ana Luz

    Olá, tudo bem?

    Acho essa capa um mimo! Ainda não tive a oportunidade de adquirir esse livro, mas ele está na minha listinha de desejados desde que ouvi falar nele! hahaha. Sou uma apaixonada por romances de época, e confesso que quero só por conta da participação da Julia Quinn, já tenho o anterior desse, mas ainda não li. Sua resenha só me deixou com vontade de ler os dois o quanto antes, mas só lerei quando puder comprar esse, porque aí embalo um no outro. XD

    Beijo!

  6. Maisanara F.

    Só pelos títulos dos livros, já gostei! Apesar de não ter lido nenhuma das autoras, já li muitos comentários bons sobre elas e fiquei muito animada parta ler essa coletânea! As histórias parecem ser ótimas!

  7. Barbara Mazzo Cabalero

    Oi.
    Estou apaixonada por romances de época nos últimos tempos, mas a única das autoras que já li é a Suzanne Enoch e gostei muito. E, claro, sempre vejo muitos elogios em relação as obras da Julia, e até tenho alguns livros dela aqui em casa, que pretendo ler em breve.
    Gostei dos enredos dos contos e de todos se passarem na mesma época e no mesmo lugar e os personagens se encontrarem.
    Parece uma leitura que eu adoraria fazer.
    Beijos.

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!

%d blogueiros gostam disto: