Leitora Compulsiva

Inigualável, de Alyson Noël

inigualável belos ídolos alyson noel harper collins leitora compulsivaTítulo: Inigualável

Série: Belos Ídolos #01

Autor(a): Alyson Noël

Editora: Harper Collins

Ano: 2016

Páginas: 304

Tradução: Joana Faro

Sinopse: AQUI 

Download do 1º Capítulo: AQUI

Onde Comprar o livro: Amazon, Livraria Cultura, Saraiva, Submarino, Buscapé

Onde Comprar o E-Book: Amazon (Kindle), Livraria Cultura

***

inigualável belos ídolos alyson noel harper collins leitora compulsivaNo início de maio fui surpreendida com o envio, pela Harper Collins, de um kit incrível do livro ‘Inigualável’, da autora Alyson Noël. Dentro de uma bela caixa, a editora mandou um exemplar do livro, marcador, um cartão personalizado e um enorme adesivo de “estrela da calçada da fama” com meu nome! Será que surtei ou não?? rs…

Já tinha comentado com vocês sobre a entrada da Harper Collins no mercado nacional e em maio recebi a confirmação de que os livros que era publicados pelo selo Agir Now, parceiro aqui do Leitora Compulsiva, passarão a ser publicados como Harper Collins a partir desse livro da Alyson Noël, que, vale destacar, foi lançado na mesma data em todo o mundo!!

Não posso negar que receber esse kit me deixou super animada e, como eu sou uma fã da autora, resolvi passar esse livro para o topo da minha lista de próximas leituras e hoje estou aqui para contar para vocês o que achei desse primeiro livro da série Belos Ídolos.

‘Inigualável’ é uma história sobre os bastidores do glamour de Hollywood, celebridades, festas, pessoas vips, sobre sonhos e sobre como tudo pode dar terrivelmente errado… E diferentemente de todos os outros livros que já li da autora, não há nenhum elemento sobrenatural nesse livro! rs…

inigualável belos ídolos alyson noel harper collins leitora compulsiva

Madison Brooks é a atual queridinha de Hollywood e todos desejam ser como ela. Madison conquistou o estrelado graças à muita determinação. Até hoje seu passado é uma incógnita. Ninguém sabe a verdade sobre sua origem e ela pretende que isso continue asssim…

Layla Harrison sonha em fazer faculdade de jornalismo, mas para isso precisa dar um jeito de ganhar algum dinheiro. As obras de arte de seu pai garantem o sustento da casa, mas ela sabe que não terá chance de realizar seu grande sonho se não descobrir um jeito de fazer seu blog, o Belos Ídolos, dar algum lucro. Em uma cidade como Los Angeles, o que não falta são fofocas sobre celebridades e Layla está sempre de olho buscando uma matéria quente…

Tommy Phillips chegou há alguns anos à Los Angeles, mas continua sendo um garoto do interior. Tommy é músico e sonha em emplacar uma carreira de sucesso, mas as coisas não são tão fáceis. Pelo menos o seu emprego em uma loja de instrumentos musicais lhe garante algum dinheiro… Mas Tommy não foi para Los Angeles apenas para tentar a carreira de músico. Ele foi também atrás do pai, um dos maiores executivos da cidade, dono de diversas casas noturnas nos mais badalados pontos da cidade…

Aster Amirpuor sonha em se tornar atriz, mas nem mesmo sua beleza exótica tem ajudado Aster a conseguir trabalho. Aster foi criada para ser uma boa esposa e boa mãe, mas ela não está interessada em nada disso. Apesar da ser de família rica, Aster abriria mão de tudo para ter o ‘Pacote Hollywood’ completo: fama, dinheiro, reconhecimento!

inigualável belos ídolos alyson noel harper collins leitora compulsivaE o que todos esses personagens tem em comum? Na verdade eu diria ‘quem’: Ira Redman!

Ira Redman é praticamente o dono da noite de Los Angeles! Ele possui diversas casas noturnas no Hollywood Boulevard, frequentadas pelas celebridades e pelos jovens e turistas que querem experimentar um pouco da vida glamourosa que a cidade tem a oferecer. Ira é sinônimo de poder e sucesso! E é ele quem irá reunir todos os outros personagens em uma trama sinistra complicada e sinistra…

Com a desculpa de promover suas boates, Ira Redman decide criar uma competição. Ele seleciona inicialmente 12 jovens, entre os quais estão Layla, Tommy e Aster, para se tornarem promoters de suas casas noturnas. Para se manterem na competição, esses jovens terão que atrair um público cada vez maior e as celebridades contam ainda mais. E é assim que Madison Brooks se torna o grande troféu dessa competição!! Os piores colocados a cada seman são eliminados e o vencedor levará um grande prêmio em dinheiro!

Layla, Tommy e Aster são competidores muito fortes, que não medem esforços para atingir seus objetivos. Para eles não há lei que não possa ser quebrada, escândalos que não possam ser divulgados e nem mesmo namorados que não possam ser roubados! O que começa como uma simples competição se torna a ruína moral dos competidores…

E por trás de todo o brilho e glamour de Hollywood se escondem intrincadas manipulações. Ninguém é quem realmente aparenta ser… Todos escondem segredos sujos! E ninguém sabe do que essas pessoas são capazes e seus maiores sonhos podem ser, na verdade, seus piores pesadelos.

Bom… quando comecei a ler esse livro não tinha muita noção do que esperar! Estava imaginando que ia encontrar uma história sobre adolescentes que sonham em ser celebridades, mas a trama se mostrou muito mais pesada e intricada do que isso, o que me levou a curtir demais essa leitura!

Narrada do ponto de vista de vários personagens, a história se desenha como uma espécie de colcha de retalhos. Conseguimos enxergar os pequenos pedaços da trama, mas é difícil imaginar qual será o resultado final. Ao que tudo indica, todos os personagens são marionetes, mas é difícil dizer quem é o titereiro puxando os fios! Não há inocentes nessa história…

Como esse é apenas o primeiro livro de uma trilogia, o final é bem aberto e daquele tipo que deixa a gente querendo mais! Eu pelo menos fiquei doida para ler a continuação e torço para que a autora consiga manter o ritmo e amarrar tudo muito bem!!

Uma das coisas mais bacanas para mim foi que passei minha lua de mel em Los Angeles, depois de ter casado em Vegas, e visitei muitos dos lugares mencionados nessa história, principalmente o Hollywood Boulevard e o Sunset Boulevard. Acredito que isso tenha tornado a minha leitura ainda mais  interessante!

Mas tenho certeza que mesmo quem nunca foi a Los Angeles vai curtir uma ótima leitura!! Recomendo!!

E para terminar, confiram o recado da autora Alyson Noël e o Booktrailer do livro:

 

inigualável belos ídolos alyson noel harper collins leitora compulsiva




16 comentários sobre “Inigualável, de Alyson Noël

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Sério? Por que achou que eu não fosse curtir?
      Eu sou fã da autora e curti muito ele ter saído do mundo sobrenatural! rs…
      beijos

  1. Leticia Ramos de Mello Oliveira

    Olá, Camila!

    Achei a premissa da competição criada pelo Ira muito parecida com alguns realities que ouvi falar na E! e na MTV em que os participantes tem que realizar festas badaladíssimas ou são eliminados. Não sei se isso foi parte da inspiração da Alyson para o livro, mas que se parece se parece mesmo.
    No principio, o Ira parece um Willy Wonka: Todo mundo quer conhecer ele e quer trabalhar com ele, e o modo como ele escolheu jovens tão diferentes e, a principio, bonzinhos para seu jogo esconde alguma coisa. Mas é nesse alguma coisa que se esconde a manipulação da trama, seja ele o chefe ou só mais uma marionete. E a lição aqui é que o sucesso é caro e pode te consumir até o fim, principalmente se acredita que você não deve ser quem você é para o publico.
    Apesar que você falou que esse livro não tem toques de sobrenatural, a Alysin Noël já tinha publicado lá fora outros livros sem temas sobrenaturais, mas só um, o “Em Busca de Zoë” já tinha sido publicado por aqui pela Novo Século (e com uma capa feia, procura na Livraria Cultura). Será que isso é culpa do peso do sucesso de Crepúsculo sobre as editoras?
    Ah, então aquela foto que você publicou no Insta semana passada foi tirada em Vegas… Então aquele ditado sobre Vegas é bem falso mesmo, pois nem tudo ficou só em Vegas!

    Um abraço!

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Lê.
      Esse livro tem mesmo aquele toque de reality show!
      Mas é bem interessante ver como as pessoas vão se corrompendo ao longo do livro e como nem tudo é o que parece!! rs…
      Nossa, sei que livro é esse que você falou! Eu tenho ele aqui na estante e também não gosto da capa. Acho que por isso ainda não me animei a ler!
      Como assim ‘culpa do peso do sucesso de Crepúsculo’?
      Ah sim, aquela foto foi tirada em Vegas. E ainda bem que nem tudo ficou por lá!! rs…
      beijos

      1. Leticia Ramos de Mello Oliveira

        Disse “por culpa do peso do sucesso de Crepúsculo” porque quando o livro da Stephanie Meyer foi lançado e fez sucesso, todas as editoras foram atrás de outros livros do mesmo gênero YA sobrenatural para tirar a casquinha do sucesso de Bella e Edward. Ok, tiveram autores que só escreveram esse YA sobrenatural só para também ter esse sucesso. Mas outras como a Alyson Noël também tinham livros escritos em outros gêneros, ainda que ligados aos jovens leitores, como é o caso de Em busca de Zoë.
        O problema é no Brasil (e acho que em outros países também), é que essa busca por novos YA sobrenaturais para tentar conquistar os leitores de Crepúsculo fez as editoras ficarem cegas para as obras de outros gêneros de autoras como Alyson e por isso poucas delas foram publicadas por aqui. Isso também ocorreu com a Intrínseca, já tinha que segurar os leitores que ganhou como Crepúsculo.

        Um abraço!

        1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

          AH… Agora entendi.
          Dei uma viajada e fiquei pensando que era por causa do estilo da capa, já que desde Crepúsculo, muitas capas passaram a aparecer no mesmo estilo, mais limpo e dando destaque a um objeto. Mas agora entendi…
          Não acho que essa seja uma tendência só do Brasil. A literatura ficcional tem vivido desses ciclos temáticos há muito tempo. É natural que o leitor que gostou de uma história procure por outros parecidas porque ele acredita que tem mais chance de gostar outra vez. Acho super normal!
          beijos

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Andy.
      Eu não sabia muito o que esperar desse livro, mas estou intrigada com a história!
      Pelo menos eu gostei dos outros livros da autora, então foi mais fácil para mim!
      beijos

  2. Cailes Sales

    Oi Camila!
    Nunca li nada da autora, mas seu nome não me é estranho. Achei a premissa do livro interessante, principalmente por ser totalmente diferente do que costumo ler. Pensei que era um romance, mas parece algo mais complexo, um jogo de intrigas.
    Abraço!

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Cailes.
      Essa autora fez muito sucesso há alguns anos com uma série chamada Imortais, que foi lançada pela Intrínseca.
      Ela já veio umas três vezes ao Brasil!
      Beijos

  3. Carol (Open Page)

    Oi Camis, gostei da proposta do título, acho que porque se distancia muito das leituras que tenho feito atualmente, que são, em sua maioria, fantasias, rs. Me lembrou um pouco de Cabeça de Vento da Meg Cabot, e eu adorei a trilogia, então, se tiver uma oportunidade, quero dar uma olhada em Inigualável, ainda mais por, como você disse, ter uma trama sinistra!

    bjs

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Carol.
      Esse livro tem um estilo bem diferente do que costumamos ver por aí e acho que há muito potencial nessa história!
      beijos

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Vi.
      Essa série é muito diferente da primeira.
      Nem dá para perceber que é a mesma autora! rs…
      Beijos

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!

%d blogueiros gostam disto: