Leitora Compulsiva

Espada de Vidro, de Victoria Aveyard

Espada de Vidro A Rainha Vermelha Victoria Aveyard Leitora CompulsivaTítulo: Espada de Vidro

Série: A Rainha Vermelha #2

Autor(a): Victoria Aveyard

Editora: Seguinte

Ano: 2016

Páginas: 496

Tradução: Cristian Clemente

Sinopse: AQUI 

Download do 1º Capítulo: AQUI

Onde Comprar o livro: Amazon, Livraria Cultura, Saraiva, Fnac, Submarino

Onde Comprar o E-Book: Amazon (Kindle), Livraria Cultura

***

Depois de ter curtido muito a história contada por Victoria Aveyard em ‘A Rainha Vermelha’ e aproveitado a leitura de ‘Coroa Cruel, não poderia deixar de dar continuidade na leitura dessa série. Em  abril desse ano recebi um exemplar de ‘Espada de Vidro’ como cortesia da Editora Seguinte e no mês passado consegui colocá-lo na minha lista de leituras.

Em “A Rainha Vermelha” conhecemos Mare Barrow e seu pequeno país chamado Norta, cuja população se divide entre aqueles com sangue prateado ou sangue vermelho. Os prateados, com seus poderes especiais, compõe a elite de Norta e vivem às custas do trabalho duro dos vermelhos, pessoas comuns que são explorados e sofrem com as péssimas condições de vida que lhes são impostas! Mare Barrow nasceu vermelha, em uma família pobre. O destino de Mare seria o exército, mas por sorte ela consegue a ajuda de um desconhecido e consegue um emprego no palácio de verão da família real. Infelizmente, ele sofre um acidente que muda sua vida por completo: Mare descobre que tem um dom, o que até então era exclusivo dos prateados. A partir daí, Mare se vê obrigada a fingir ser prateada e acaba envolvida em uma grande conspiração quando é recrutada pela Guarda Escarlate, um grupo rebelde que quer acabar com o controle dos prateados sobre os vermelhos. Além disso, Mare ainda enfrenta o próprio drama pessoal envolvendo os príncipes Cal e Maven.

Espada de Vidro A Rainha Vermelha Victoria Aveyard Leitora Compulsiva

Mesmo sendo introdutório, ‘A Rainha Vermelha’ foi um livro repleto de ação, reviravoltas, traições e momentos de tirar o fôlego. O final foi eletrizante e deixou aquela enorme sensação de “preciso da continuação urgentemente”! rs…

Em virtude dos acontecimentos trágicos do final do primeiro livro, Mare Barrow e o príncipe Cal acabam se tornando fugitivos do governo prateado e acabam sendo acolhidos nos domínios da Guarda Escarlate. Apesar disso, os vermelhos mantém distância e tratam Mare com muita desconfiança. Apesar de seu sangue ser vermelho, seu poder de controlar a eletricidade faz com que seu próprio povo a tema e até mesmo a despreze. Todos pensam que ela é a única ‘aberração’ do tipo, mas estão profundamente enganados.

Espada de Vidro A Rainha Vermelha Victoria Aveyard Leitora CompulsivaAntes de fugir do palácio, Mare teve acesso a uma lista de outros como ela – com sangue vermelho e poderes prateados. Infelizmente seu maior inimigo também teve acesso a essa lista e ela sabe que esses ‘sanguenovos’ estão correndo perigo.

Mare então decide deixar o esconderijo da Guarda Escalarte e parte em uma missão perigosa para tentar localizar e recrutas essas pessoas para a luta. Mare acredita que os sanguenovos são a melhor arma na luta  contra a tirania dos prateados. Além disso, ela sente o dever de proteger essas pessoas porque foi um erro seu que colocou suas vidas em perigo. Com a cabeça a prêmio, Mare e seus companheiros correm muito perigo e se metem em situações super arriscadas.

Não preciso nem dizer que essa é uma leitura daquelas que não dá para largar! Há ainda mais ação nesse livro e quando a gente pensa que já sabe o que vai acontecer, surge uma reviravolta e tudo muda! Apesar disso, o que mais me chamou a atenção foi a transformação da protagonista. Quem leu minha resenha do primeiro livro deve se lembrar que eu tinha achado ela um pouco fraca, mas nesse segundo livro ela me surpreendeu. Agora sim ela mostrou a força que eu esperava, mesmo que eu tenha sentido que ela está ficando bem louca! rs…

Quem curte uma boa distopia adolescente, pode gostar também dessa série! Não acredito que ela vai alcançar o sucesso de ‘A Seleção’ ou ‘Jogos Vorazes’, mas tem muito potencial!

Encontrei informações de que essa série já tem mais dois livros previstos, mas não há informação de que serão só quatro! rs… Vamos ver!

Espada de Vidro A Rainha Vermelha Victoria Aveyard Leitora Compulsiva




14 comentários sobre “Espada de Vidro, de Victoria Aveyard

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Nanda.
      Eu gostei do primeiro livro, mas não acho que essa série tenha potencial para fazer tanto sucesso quanto outras do gênero!
      Por enquanto estou curtindo a trama e o jeito é torcer para que chegue em um bom final!
      Beijos

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Lê.
      A Mare nesse livro está muito louca!!!
      Sei que você não se animou, mas eu gostei dessa mudança dela. Ela está quase uma vilã surtada! kkkk
      beijos

  1. Leticia Ramos de Mello Oliveira

    Olá, Camila!

    Eu acho que o tema central dessa distopia, além da divisão de classes e do poder, através da metáfora com a velha história do sangue azul (que ficou prata aqui), é o preconceito. Mesmo ela sendo sangue vermelho, a Mare sofreu preconceito nas mãos da Guarda Escarlate só por causa dos poderes. E acho que nessa enlouquecida da Mare é inspirada no Magneto do X-Men, o que reforça ainda mais todas as comparações feitas com as famosas HQs, já que ele, de ser um herói e ajudar os mutantes, decidiu virar vilão para provar que os mutantes eram melhores que os humanos e acabar com todos que não são mutantes, já que de algum modo, ele também não aguentou mais o preconceito da sociedade.
    A única coisa que falta é uma explicação para que os sanguenovos tenham surgido. Penso que seria uma boa para o último livro, já que se a origem dos poderes provar que eles não estão ligados aos sangue ou a mutações (tipo: ambos tinham poderes, mas os prateados subjugaram tanto os vermelhos a ponto de “acabar” com os poderes deles) daria um choque de realidade na quase louca da Mare, gerando um final reflexivo sobre guerra e preconceito a la Jogos Vorazes.

    Um abraço!

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Lê.
      É impressionante como a Mare se passe de heroína a vilã aos olhos das pessoas. Nem mesmo sua família consegue lidar bem com o fato dela ter poderes. As pessoas a temem e isso só piora seu estado mental. Ela tenta ser a líder que as pessoas precisam, mas ao mesmo tempo vai perdendo a sua humanidade.
      Acho que são interessantes as comparações com os personagens de X-Men.
      Ainda não sabemos mesmo a origem desses novosangues. E eles ainda são até mais poderosos que os prateados, então será interessante ver se ela vai dar uma explicação para isso ou não!
      Beijos

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      kkkk
      Um comentário seu é tão raro que me sinto lisonjeada!
      Precisa voltar mais vezes, Rô!
      Eu confesso que estou muito curiosa para saber como a Mare vai escapar agora… Espero que o próximo volume não demore tanto, senão é capaz de desanimar mesmo!
      beijos

  2. marinafaedda

    Oi Camis!

    Eu gostei bastante do primeiro livro, e agora quero muito ver como vai terminar a série! Achei a Mare até legal no primeiro, não tive grandes problemas, mas estou preocupada de ver como ela vai se tornar meio vilã agora no segundo livro, pq parece que é isso que tá acontecendo, né?

    Um beijo!

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Nina.
      Na verdade ela não se torna vilã, ela apenas fica um pouco confusa.
      Seu poder é muito grande e ela não consegue lidar bem com isso. Ela toma algumas decisões até meio cruéis.
      Vale a pena ler sim!
      beijos

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Gláuce.
      Não achei que a autora perdeu a mão no segundo livro, não! Achei que ela foi mais ousada e deu uma bela transformada na protagonista! rs…
      Se tiver a chance de ler, espero que goste!
      Beijos

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!

%d blogueiros gostam disto: