Leitora Compulsiva

A Redenção, de Lisa Kleypas #Resenha

a redenção the travis family lisa kleypas resenha gutenberg blog leitora compulsivaTítulo: A Redenção

Série: The Travis Family #02

Autor(a): Lisa Kleypas

Editora: Gutenberg

Ano: 2016

Páginas: 255

Tradução: A. C. Reis

Sinopse: AQUI

Download do 1º Capítulo: AQUI

Onde Comprar o livro: Amazon, Livraria Cultura, Saraiva, FnacSubmarino, Buscapé

Onde Comprar o E-Book: Amazon (Kindle), Livraria Cultura, Saraiva

***




Em fevereiro, fiz uma maratona da série The Travis Family, da autora Lisa Kleypas e li os três livros já publicados pela Editora Gutenberg. Recentemente resenhei A Protegida e hoje estou aqui para contar um pouco do que achei de A Redenção, o segundo livro da série!!

a redenção lisa kleypas the travis family gutenberg resenha blog leitora compulsiva

Sobre o que é “A Redenção”?

“A Redenção” é o segundo livro de The Travis Family, uma série contemporânea da autora Lisa Kleypas e nele vamos acompanhar a história de Haven Travis, a caçula e única mulher entre os quatro filhos do milionário Churchill Travis. Desde criança, Haven sempre foi muito cobrada pela mãe para que se comportasse como uma boa moça e cobrada pelo pai para que aprendesse a se virar sozinha, sem depender do dinheiro e da influência da família. Agora, tudo o que Haven quer é viver a própria vida, de acordo com seus princípios e ideais!

É por isso que, quando seu pai se posiciona firmemente contra o seu relacionamento com Nick Tanner, ela simplesmente decide cortar laços com ele para se casar com o namorado, mesmo que isso signifique abrir mão de sua herança e da ajuda financeira da família. Haven não se importa em trabalhar duro, economizar e morar em um pequeno apartamento. O que ela nunca poderia imaginar é que o dia-a-dia despertaria a verdadeira personalidade de Nick e que sua vida se transformaria em um grande inferno!!!

Dois anos depois, Haven se encontra completamente destruída e sozinha. Ela só pensa em recomeçar a vida, encontrar um bom lugar para morar e um emprego decente. Um novo relacionamento não está nos planos de Haven, mas um antigo desafeto da família Travis, que por acaso é um homem lindo de irresistíveis olhos azuis cruza o seu caminho e abala suas convicções.

Hardy Cates, a antiga paixão de Liberty Jones, agora é um magnata da indústria petroleira e não mede esforços para conseguir o que deseja. Sua ambição não tem limites e ele não se importa de fazer alguns inimigos pelo caminho. Hardy sempre achou que poder e dinheiro seriam suficientes, mas ao encontrar Haven Travis, ele percebe que há um vazio em sua vida que precisa ser preenchido!!

Se quiserem encontrar a felicidade, Haven e Hardy terão que encarar de frente os traumas do passado e derrubar as barreiras que construíram ao redor de seus corações! Só assim estarão prontos para construir um futuro juntos!

O que esperar desse livro?

Uma das coisas que mais me marcou quando li o primeiro livro da série foi o fato da autora ter usado o romance para seduzir os leitores e ao mesmo tempo abordar assuntos sociais tão importantes e relevantes! Mais do que contar uma história sobre duas pessoas que encontram o amor, a autora mostrou uma trama sobre preconceito, pobreza, determinação e superação.

Depois disso, já esperava que esse segundo livro tivesse uma fórmula parecida, mas não podia imaginar que a autora criaria uma história ainda mais dramática e mais emocionante!! No início parecia improvável que uma mulher como a Haven – herdeira de uma grande fortuna, com um lar bem estruturado e que nunca passou necessidade – pudesse enfrentar tantos desafios na vida. No entanto, a autora foi brilhante ao mostrar que dinheiro não é tudo!!

Assim como acontece com muita gente, Haven acreditou ter encontrado o grande amor, mas no final das contar, acabou vítima de um relacionamento abusivo. No início eram pequenas agressões verbais, ordens, críticas… Mas não demorou muito para Nick partir para a violência física!! Felizmente, Haven logo caiu em si e deu um basta em tudo, servindo de exemplo para leitores e leitoras que passam pela mesma situação!!

Mas se engana quem acha que Haven é vítima apenas de violência doméstica e que os homens são os únicos que podem agredir e manipular!! E aqui mais um super ponto para a autora, que inseriu na história uma chefe psicopata e mostrou que as mulheres também são grandes causadoras de feridas emocionais!

Merecem destaques as cenas em que Haven conversa com sua terapeuta, porque além de terem um belo significado na trama, ainda possibilitam que pessoas que sofrem com esses problemas encontrem conforto e orientação!

Eu poderia ficar aqui contanto sobre mais outros mil e um aspectos positivos desse livro, como o medo de Hardy de ter herdado o comportamento abusivo do pai ou sobre o papel fantástico que os personagens secundários tem nessa história, mas acho que essa resenha ficaria gigantesca!!!

O melhor que eu tenho a dizer é: LEIAM!!!! Vocês não vão se arrepender!!!

Sobre a autora e seus outros livros…

Renomada escritora de romances de época, Lisa Kleypas é autora best-seller do The New York Times e seus livros já foram traduzidos para mais de 20 idiomas. Depois de se formar na Universidade de Wellesley em Ciências Políticas, publicou seu primeiro romance aos vinte e um anos de idade. Em 1985, ela foi nomeada Miss Massachusetts e competiu o Miss America, em Atlantic City. Atualmente, LIsa Kleypas vive em Washington com o marido e dois filhos.

A série The Travis Family, composta pelos livros A Protegida, A Redenção, A Busca e Brown-Eyed Girl (Ainda não publicado no Brasil) é o primeiro trabalho da autora com romances contemporâneos.

12 comentários sobre “A Redenção, de Lisa Kleypas #Resenha

  1. Lucy

    Oi, Camila! Eu li o primeiro livro da série e achei um pouco fraco, por isso eu não cheguei a acompanhar essa série. Gosto muito dos romances de época da autora, se vc ainda não leu, recomendo! Eu cheguei a folhear esse livro, mas acabou que deixei passar, mas a sua resenha me fez ter vontade de conferir essa história em detalhes! rs
    Bjos
    Lucy – Por essas páginas

  2. Rafaella Viegas

    Oiii tudo bem??

    Conheço a autora por conta dos livros de romance de época, mas confesso que nunca li nada.
    Vendo essa capa não ligaria a autora a outros livros, mas agora vendo que é um romance contemporâneo, entendo o porque da diferença.
    Ao contrario dos romances de época esse não em interessou, infelizmente.
    Não curto muito o estilo, e a história em si me deixou meio sei lá.
    Mas adorei sua resenha
    Bjus Rafa

  3. RUDYNALVA

    Camis!
    Bom ver que a autora aborda não apenas o romance, mas os problemas sociais também.
    Gosto muito dos livros da autora, principalmente porque suas protagonista aparentemente são fracas e no decorrer do enredo, mostram-se fortes e obstinadas.
    Não li nenhum dos livros dessa série, mas quero muito.
    “Não acredite em tudo que ouvires! Há mentiras que sempre serão ditas, e verdades que jamais serão pronunciadas…” (Eliane Azevedo)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA MARÇO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

  4. Leticia Ramos de Mello Oliveira

    Olá, Camila!

    Normalmente séries de romances não costumam ter ligações tão fortes entre os livros, só mesmo alguns spoilers sobre os casais de livros anteriores. Mas em A Redenção, há mesmo uma forte ligação entre ele e A Protegida, já que essa história nunca teria acontecido se Hardy não ficasse tão obcecado em se tornar um milionário do petróleo. E a relação com Haven mostra como ele evoluiu quando acabou sendo cruel com a Liberty. Ele aprendeu sua lição e pode com esse amor se tornar completo de verdade.

    Um abraço!

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!

%d blogueiros gostam disto: