Leitora Compulsiva

A Rebelde do Deserto, de Alwyn Hamilton

A Rebelde do Deserto Alwyn Hamilton Seguinte Leitora CompulsivaTítulo: A Rebelde do Deserto

Série: A Rebelde do Deserto #1

Autor(a): Alwyn Hamilton

Editora: Seguinte

Ano: 2016

Páginas: 288

Tradução: Eric Novello

Sinopse: AQUI

Onde Comprar o livro: Amazon, Livraria Cultura, Saraiva, Fnac, Submarino, Buscapé

Onde Comprar o E-Book: Amazon (Kindle), Livraria Cultura, Saraiva

***

A Rebelde do Deserto Alwyn Hamilton Seguinte Leitora CompulsivaEm março desse ano participei de um evento da Companhia das Letras e fui presenteada com um kit muito bacana, contendo, entre outros, uma prova do livro ‘A Rebelde do Deserto’, da autora Alwyn Hamilton. Deu uma lidinha rápida na sinopse e fiquei bem interessada! Minha intenção era ler o livro antes mesmo do lançamento oficial em abril, mas foi impossível!

Para a minha surpresa, em maio recebi um exemplar do livro pronto e fiquei admirada com o acabamento dourado da capa e com todo o capricho empregado nessa edição! Com esse incentivo, decidi que já estava mais do que na hora de fazer um esforço e colocar o livro na fila das próximas leituras.

E com certeza o esforço valeu a pena! ‘A Rebelde do Deserto’ é exatamente o tipo de YA (Young Adult / Jovem Adulto) que eu adoro e do qual já estava sentindo falta. O livro, ambientado em um cenário místico, é repleto de ação e tem uma protagonista incrível… Tem um jeitão de distopia, com um povo oprimido e a promessa de uma revolução! Mas acho que estou me adiantando, né?! rs…

A Rebelde do Deserto Alwyn Hamilton Seguinte Leitora Compulsiva

Sobre o que é ‘A Rebelde do Deserto’?

Nesse primeiro livro da série A Rebelde do Deserto, conhecemos Amani Al’Hiza, uma garota de dezesseis anos, moradora da Vila da Poeira, no deserto de Miraji. O histórico familiar de Amani não é dos melhores: sua mãe foi acusada de matar o marido – um homem bêbado e violento – e condenada à pena de morte. Todos sempre suspeitaram de que ele não era o verdadeiro pai de Amani e por isso a garota e sua mãe sempre foram vistas com maus olhos… Ser vista como a filha de uma assassina com certeza não ajudou muito a reputação de Amani, que foi obrigada a morar um um tio desprezível.

Tudo o que Amani conhece na vida é a Vila da Poeira, um lugar esquecido no meio do deserto! Seus únicos momentos de diversão são aqueles em que ela foge para treinar tiro com algumas garrafas. Amani se tornou uma excelente atiradora e sonha com o dia em que conseguirá usar essas habilidades para ir embora daquele lugar em que a poeria entra pela pele e faz as pessoas ressecarem até os ossos!

O futuro de Amani na Vila da Poeira não é nada atraente e é por isso que, assim que Amani se depara com o momento perfeito para fugir, ela não deixa a chance escapar. Com a ajuda de Jin – um forasteiro misterioso – e de um cavalo mítico, Amani escapa de Vila da Poeira, mas não sem antes deixar todo o exército do Sultão na sua cola.

Por mais que Amani deseje ser independente, ela percebe que precisará muito mais da ajuda de Jin do que gostaria. Ele parece conhecer o deserto de Miraji como ninguém e somente com a ajuda dele ela terá a chance de encontrar o seu destino. E com certeza o destino de Amani é muito maior e muito mais mágico do que qualquer coisa que ela já tenha sonhado na vida! Jin irá ajudar Amani com seu futuro, mas também irá preencher lacunas sobre o passado da garota!

O que esperar desse livro?

“A Rebelde do Deserto” me surpreendeu do início do fim e a primeira coisa que me chamou a atenção foi o fato da história ser ambientada no deserto e trazer à tona todo o misticismo da cultura do oriente. Essa mudança de ares é sempre ótima para os leitores que buscam novas experiências!

O segundo ponto positivo foi a história ter como protagonista uma garota forte e decidida, bem ao estilo da Katniss Everden  de Jogos Vorazes, ou da Tris de Divergente. Pensando bem, a Amani me lembrou mesmo foi a Mare, de A Rainha Vermelha, já que Amani também descobre ter um dom especial!

Amani tem um jeito despachado e está sempre pronta para dar uma boa resposta, mesmo que isso a coloque em uma baita encrenca! Ela tem um jeitão atrevido e moleque que me ganhou logo de cara! Me identifiquei!! rs…

Podemos até mesmo dizer que ‘A Rebelde do Deserto’ tem mais semelhanças com as séries mencionadas do que somente a protagonista. Nessa história também temos um governo opressor, uma revolução e uma garota que vai pode mudar tudo! rs… Mas nenhuma dessas semelhanças citadas tira a originalidade do livro, que é a primeira distopia que leio associada à cultura do Oriente Médio, seus costumes e suas crenças!

A narrativa tem um ótimo ritmo e mesmo quando a autora descreve a cultura em que Amani está inserida, o faz de uma forma fluída, sem parecer didática. O livro é cheio de ação e momentos de tensão, então fica até difícil conseguir encontrar a hora certa de fazer uma pausa! rs…

E é claro que não podia faltar aquele dedinho de romance, né?! rs… Claaarro que Amani vai encontrar um bonitão em seu caminho! Mas isso nem de longe irá tornar o livro meloso… O romance é apenas um plus na história e tenho as minhas dúvidas que ele irá durar!!

Sobre os próximos livros…

‘A Rebelde do Deserto’ é o primeiro livro da série de mesmo nome e ainda não há nenhuma previsão de quantos livros teremos no total. Procurei por informações em diversos sites e a única informação que eu encontrei é que o segundo livro deve se chamar Traitor to the Throne e será lançado lá fora só em março de 2017. Há ainda uma indicação de um terceiro livro, mas sobre esse ainda não temos nenhuma informação.

Sei que muitos de vocês gostam quando as editoras lançam livros aqui no Brasil que estão sendo lançados lá fora, mas eu confesso que prefiro quando as editoras optam por livros já lançados há algum tempo e que já tem suas continuações lançadas também! rs… Pensar que a continuação desse livro nem foi escrita ainda, me deixa mais ansiosa do que se fosse só uma questão de tradução! rs…

Para terminar, deixo com vocês o booktrailer oficial e gringo do livro. Infelizmente não tem legenda, mas serve para vocês sentirem um pouco do clima da história! rs…

*** Aproveitando, vocês teriam interesse em uma promoção com a prova do livro? Ela tem o conteúdo completo e parece uma espécie de edição econômica, sem orelhas e sem o acabamento dourado da capa… Ou então posso colocar o livro no kit do Comentário Premiado! O que vocês acham?

A Rebelde do Deserto Alwyn Hamilton Seguinte Leitora Compulsiva




16 comentários sobre “A Rebelde do Deserto, de Alwyn Hamilton

  1. Leticia Ramos de Mello Oliveira

    Olá, Camila!

    No meu caso, tenho a prova de A Rainha Vermelha e é isso mesmo: O texto é o mesmo (considerando que pode ter algum erro de grafia que pode ter sido corrigido na revisão final) e a capa não tem o efeito de hotstamp (aquelas letras em relevo nas capas de livros) e o metalizado da versão pronta. Se gosta do livro e de efeitos na capa, você compra o livro pronto, mas se o importante para você for mesmo o texto, isso não faz a menor diferença.
    Então ter um sorteio ou até mesmo o ganhador do Comentarista Premiado receber a prova seria demais! Só acho que se for para o Comentarista Premiado, vai ter um monte de gente em polvorosa comentando hoje e amanhã achando que vai ser o prêmio desse mês e estragando a surpresa de não saber qual vai ser o premio do mês.
    Ah, e diferentemente de outras series YA, A Rebelde do Deserto mostra um pouco de proximidade com a realidade, já que as condições de vida da Amani nesse universo fictício não diferem muito das dificuldades e preconceitos que as mulheres ainda enfrentam no Oriente Médio, principalmente em relação a submissão ao marido, o adultério e a violência contra a mulher. O que prova de novo que um YA também pode fazer você pensar no mundo real!

    Um abraço!

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Lê.
      Eu não me importo eu ganhar provas de livros, mas algumas pessoas podem ficar incomodadas.
      Não quero enganar ninguém! rs… Mas sei que tem muita gente que toparia ganhar essa prova porque a história é ótima!
      Acho que o melhor desse livro foi mostrar a cultura do Oriente Médio mesmo!
      Beijos

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Thaís.
      Sempre procuro variar bastante minhas leituras, mas em algumas épocas fico presa em certos gêneros… sei como é!
      Mas se tiver oportunidade, leia sim!
      beijos

  2. sannzinha

    Camis, o fato de a história se passar no deserto me deixou super curiosa, porque é uma total mudança de cenário nos livros, né?
    Mas essa coisa de personagem fodona, governo opressor e ser distopia, já me faz torcer o nariz, porque ando com uma preguiça imensa de distopias.
    Não sei se quero ler, não.

    Beijocas!

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, San.
      Eu gostei muito dessa mudança de ares.
      Putz, sério? Deu uma enjoada? O bom desse primeiro livro é que ele tem mais a ver com a protagonista do que com o governo opressor! rs…
      beijos

  3. Daniele Sanches de Souza

    Oi, eu estava curiosa com esta estoria…agora que ganhei o livro, mais um motivo pra ler… acredito que será uma ótima leitura. Obrigada!!! Beijos

    1. Camila - Leitora Compulsiva Autor da Postagem

      Oi, Dani.
      Espero que você goste dessa leitura.
      Eu curti bastante essa mudança de cenário!
      Beijos

Deixe aqui seu comentário e ficarei muito feliz em responder!!!